Notícias

Oficina de robótica e cultura maker na EMEF Almirante Sylvio Heck

Projeto trabalhou o protagonismo dos estudantes aliado ao uso da tecnologia, ciência e matemática

Publicado em: 16/07/2018 17h43 | Atualizado em: 30/11/2020

oficina_robotica_EMEF_almirante_740_x_430.jpg

Os estudantes do Ensino Fundamental I e II da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Sylvio Heck, da Diretoria Regional de Ensino (DRE) Santo Amaro, realizaram nos dias 2 e 4 de julho a primeira oficina de robótica e cultura maker.

Os participantes das aulas de robótica, dos 2º aos 9º anos, trabalharam com circuitos digitais e manuais e aplicativos de linguagem de programação Scratch e Pivot de março até junho. Então, conforme a cultura maker (“faça você mesmo”), os estudantes desenvolveram pebolins e futebol de mesa a partir de pesquisas, rascunhos digitais e testes com protótipos.

Utilizando apenas materiais de sucata, o trabalho desenvolvido com a supervisão e orientação dos educadores Aline de Matos, Daniela Viana, Elaine Silveira e Raul Oliveira, também teve adaptação para os alunos dos 2º anos. “É possível trabalhar elementos mais complexos com as crianças menores, mas para isso foi essencial a adaptação”, complementa a professora Daniela Viana.

Segundo a professora Aline Matos, após iniciar o uso do aplicativo Scratch, em 2015, surgiu a ideia de colocar em prática as atividades. Assim, ela resolveu unir o movimento cultural e esportivo proporcionado pela Copa do Mundo com a tecnologia.

A atividade foi toda construída com base em conceitos matemáticos e no uso da leitura matemática. Durante a finalização do projeto, surgiram novos desafios, como o de deslizar, sobre o campo de futebol de papelão, as peças que seriam controladas por meio da atração de imãs. Então, foram iniciadas novas pesquisas, agora envolvendo a ciência, para descobrir quais seriam os melhores materiais.

“Nós aprendemos juntos, foram descobertas tanto para os alunos quanto para nós, professores”, explica a professora Aline Matos.

Para a apresentação dos materiais elaborados, foi realizado seminário sobre o funcionamento das mesas de futebol magnético e do pebolim, além do compartilhamento de experiências dos estudantes sobre a parte prática. “Com a robótica, aprendi a mexer no Google e usar o Scratch. Se algum dia eu precisar usar o computador na minha profissão, posso dizer que aprendi a utilizá-lo a partir das aulas de robótica” conta o estudante Maicon de Oliveira, do 9º ano.

Acesse a galeria de fotos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de mãos unidades e a logomarca da crece
Festival Literário

EMEF Célia Regina Lekevicius Consolin promove Festival literário para toda a comunidade

Publicado em: 19/04/2024 4h16 - em Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé

Um professor segura o braço de uma estudante que sobe em uma corda. Ao fundo, uma floresta e um rio.

Estudantes da Rede Municipal visitam Polo de Ecoturismo de São Paulo

Publicado em: 18/04/2024 6h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra seis pessoas sentadas em uma bancada vermelha, atrás deles se lê

Secretaria Municipal de Educação promove encontro formativo para educadores sobre proteção escolar

Publicado em: 18/04/2024 3h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Uma criança com uniforme da prefeitura toca em um tablet em cima de uma mesa

Estudantes da Rede Municipal de Ensino ganham recurso para aprender Matemática

Publicado em: 18/04/2024 2h07 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.440