Notícias

Oficina de circo e contação de histórias no CEU Pêra Marmelo

Atividades encerram programação do Recreio nas Férias

Publicado em: 17/07/2017 15h34 | Atualizado em: 30/11/2020

CeuPeraMarmelo_rec_f_740x430.jpg

O último dia de Recreio nas Férias no CEU Pera Marmelo, 14 de julho, levou diversas atividades recreativas para as crianças e jovens participantes. Entre elas, contação de histórias e oficinas de circo.

A professora de arte circense, Antônia Barbosa Marcondes, que desde 2004 ministra aulas de circo em escolas públicas, iniciou a oficina fazendo demonstrações e breves números com os objetos usados no circo, como, por exemplo, flag (bandeira), argola (aro), bolinhas, paninho, swing, diabolô, prato, fita, laço pequeno e laço grande.

A professora explica que iniciou o projeto de ensino circense na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Mario Lago e EMEF Ernani Silva Bruno, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Pirituba/Jaraguá. Ela também trabalhou nos CEUs Vila Atlântica, Jaguaré, Perus e Pera Marmelo e passou pelas EMEFs Aldo Ribeiro, Gabriel Silvestre, Gabriel Prestes, Roge Ferreira e Brigadeiro Henrique Raymundo Dyott Fontenelle. “A arte é importante dentro da escola. O circo transforma os alunos, porque traz disciplina e respeito”, observa Antônia. Ela ainda convidou todos a comparecerem no 1º sábado de agosto, das 9 às 12 horas na EMEF Fontenelle, onde será iniciada mais uma turma para quem deseja conhecer a arte circense.

Para Marcela Silva de Oliveira de 8 anos, a atividade “foi muito legal”. “Gostei muito da professora. É bom também porque fazemos um exercício físico”. Ela revela que, dos objetos apresentados, os seus preferidos, foram “o prato, diabolô e a bandeira”.

Franciele de Almeida Pereira Eufrásio, também de 8 anos, diz que gostou muito da professora. As suas atividades preferidas foram “o prato e a bandeira”.

Já no teatro do CEU ocorreu a contação de histórias para crianças entre 4 e 7 anos. A contadora de histórias, Natália Grisi, da “Companhia hora da história”, atua nessa área há 16 anos e relata que decidiu por esse trabalho “pelo prazer por contar histórias, por essa cumplicidade com o público, onde posso ir conduzindo o imaginário dele por meio da narrativa”.

As histórias contadas foram “O pássaro azul”, de Clarice Scholnic, “A menina bonita do laço de fita” de Ana Maria Machado, “O desafio dos sapos”, fábula de Esopo e “Bom dia todas as cores”, de Ruth Rocha.

Agentes recreativas pela primeira vez, Jucéia Maria Jerônimo e Luci Pereira Macedo contam ter gostado do contato com as crianças e relatam ter vontade de participar das próximas edições.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

CACS FUNDEB - Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB.

SME abre inscrições para compor conselho que vai fiscalizar uso da verba do Fundeb

Publicado em: 28/09/2022 5h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Menina olha para tabuleiro de xadrez e movimenta uma peça com sua mão direita.

Cerca de 2 mil estudantes participam da Final Municipal de Xadrez Individual

Publicado em: 27/09/2022 4h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra as mãos com um punhado de terra próximas de um broto de árvore que está no centro da imagem. Ao fundo, raios de sol sol e folhas verdes desfocados.

SME abre inscrições para curso sobre sustentabilidade e consumo consciente

Publicado em: 27/09/2022 3h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.283