Notícias

Oficina culinária com nutricionistas de alimentação escolar gera livro de receitas com Plantas Alimentícias Não Convencionais

Livro de receitas com “PANCs” e ingredientes de alimentação escolar foi produzido em parceria com a USP e o Instituto Kairós

Publicado em: 25/06/2019 15h47 | Atualizado em: 30/11/2020

oficinaculinariaPANC_740x430.png

A Secretaria Municipal de Educação (SME) por meio da Coordenadoria de Alimentação Escolar (CODAE), em parceria com a Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) e com o apoio do Instituto Kairós, realizou uma oficina culinária sobre Plantas Alimentícias Não Convencionais (PANC) com as nutricionistas da CODAE e representantes de empresas contratadas para a prestação de serviços de alimentação escolar na Rede Municipal de Ensino, resultando em um livro de receitas.

O Livro de Receitas com PANC” apresenta 11 criações realizadas pelos chefes de cozinha especialistas em PANC, Flávia Zanatta e Michel Abras, considerando-se a estrutura de cardápio da alimentação escolar da rede municipal de educação de São Paulo, preservando a simplicidade e a praticidade na escolha dos ingredientes e as técnicas culinárias empregadas.

As criações ficarão disponíveis para consulta e download gratuito no portal da Secretaria Municipal de Educação.

A Oficina Culinária com PANC foi realizada no dia 29 de agosto de 2018, no Laboratório de Técnica Dietética da Faculdade de Saúde Pública da USP (FSP/USP), como parte do Acordo de Cooperação Técnico-Científico celebrado entre a Secretaria Municipal de Educação – Coordenadoria de Alimentação Escolar (SME/CODAE) e a FSP/USP.

A oficina teve como público-alvo, os nutricionistas da SME/CODAE e os nutricionistas representantes de empresas contratadas para a prestação de serviços de alimentação escolar terceirizada e mista na Rede Municipal de Ensino.

Esta ação também inaugurou o II Encontro Nacional de Hortaliças Não Convencionais – II HortPANC e propôs ampliar e difundir as possibilidades de inserção de PANC na horta e no cardápio escolar, tendo como referência a experiência exitosa do Projeto Piloto Viva Agroecologia, implantado na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Des. Amorim Lima.

O evento demonstrou por meio da elaboração de preparações culinárias com PANC e ingredientes que fazem parte da alimentação escolar, que a inclusão dessas plantas alimentícias nas preparações escolares, além de agregar mais sabor, pode contribuir para o aumento da variedade e do valor nutricional do cardápio, bem como para a ampliação do repertório alimentar dos estudantes das escolas municipais.

A oficina completa está disponível no Canal Pedagógico da SME no You Tube, pelo link.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283