Notícias

Muro da EMEF Profª Maria Antonieta D’ Alckmin Basto recebe grafite para comemorar aniversário de 50 anos

A história da unidade e da comunidade foi contada nos muros em torno da escola; carta do escritor e poeta Oswald de Andrade em homenagem à esposa também foi registrada

Publicado em: 16/03/2023 15h31 | Atualizado em: 16/03/2023
Fotografia de um muro com grafite e várias pessoas na calçada observando a arte.

Em celebração aos seus 50 anos, a EMEF Profª Maria Antonieta D”Alckimin Basto registrou nos muros da escola um pouco da sua história e principais fatos que ocorreram no bairro e na unidade ao longo dos anos.

A escola, que fica localizada no bairro da Vila Olímpia, foi constituída como EMEF Profa Maria Antonieta D”Alckimin Basto em 11 de março de 1971. A comunidade escolar percebeu que, com o passar do tempo, a região foi perdendo as características de um bairro residencial, se tornando uma área comercial com características corporativas.

Com o propósito de resgatar a história da unidade e da região e reaproximar a comunidade, os gestores, os professores e os estudantes da escola, juntamente com os pais e os moradores, realizaram alguns encontros para dar vida à ação. A partir disso, foram definidos e compartilhados os materiais e as fotos que iriam compor as imagens nos muros.

O grupo de artistas do Sou Favela Grafite realizou oficinas com os estudantes ensinando algumas técnicas da pintura em grafite. Após o treinamento, os alunos puderam fazer alguns trabalhos e desenhos com temáticas desenvolvidas em aulas regulares como racismo, empoderamento feminino e bullying.

Composição com três fotografias mostrando estudantes observando documentos, um muro com grafite e mais outro muro com grafite e escrita.

As artes dos estudantes foram selecionadas e os materiais históricos escolhidos foram registrados nos muros pelos artistas em uma sequência de imagens. Há também o registro de uma carta que Oswald de Andrade escreveu para sua última esposa, Maria Antonieta D’Alckimin.

Maria Antonieta foi orientadora pedagógica da unidade que, inclusive, recebeu o nome da professora. O projeto contou, também, com a Construtora Gamaro, que financiou parcialmente a pintura nos muros.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de mãos unidades e a logomarca da crece
Festival Literário

EMEF Célia Regina Lekevicius Consolin promove Festival literário para toda a comunidade

Publicado em: 19/04/2024 4h16 - em Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé

Um professor segura o braço de uma estudante que sobe em uma corda. Ao fundo, uma floresta e um rio.

Estudantes da Rede Municipal visitam Polo de Ecoturismo de São Paulo

Publicado em: 18/04/2024 6h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra seis pessoas sentadas em uma bancada vermelha, atrás deles se lê

Secretaria Municipal de Educação promove encontro formativo para educadores sobre proteção escolar

Publicado em: 18/04/2024 3h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Uma criança com uniforme da prefeitura toca em um tablet em cima de uma mesa

Estudantes da Rede Municipal de Ensino ganham recurso para aprender Matemática

Publicado em: 18/04/2024 2h07 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.441