Notícias

Maria Benedita Gonçalves Araujo da Silva

Educador Autor

Publicado em: 09/08/2018 17h49 | Atualizado em: 30/11/2020

bene1.jpg

Relações Interpessoais na Escola Versus Bullying
Editora All Print

O presente trabalho tem o objetivo de esclarecer um fenômeno ainda pouco conhecido e muito presente nas instituições educacionais: o bullying no ambiente escolar e as relações interpessoais. Agressões entre alunos, físicas ou morais, que trazem consequências sérias, tanto para quem as comete como para suas vítimas. Muitos são os depoimentos que indicam fatos ocorridos no interior das instituições de ensino, muitas vezes indiferentes para os profissionais da educação, mas que podem trazer graves sequelas na vida dos jovens e das pessoas envolvidas. Demonstrar que as instituições educacionais e a sociedade não podem se omitir em relação ao bullying. Desta maneira, este estudo descritivo com abordagem visou analisar as dificuldades enfrentadas pelas vítimas de bullying no ambiente escolar. Utilizou-se como método de estudo a pesquisa bibliográfica por meio de livros, pesquisa na internet, artigos em jornais e revistas. Finalizando, procurou-se demonstrar a prevenção ao bullying, com exemplos de programas de sucesso em prol das crianças, adolescentes e demais envolvidos no ambiente escolar, em suas relações interpessoais. Neste trabalho está o resultado de uma discussão sobre as relações interpessoais no ambiente escolar e o bullying, que acabam por influenciar as relações de trabalho e de estudo neste ambiente e o objetivo do mesmo é analisar os aspectos que podem favorecer um ambiente no qual prevaleçam as relações interpessoais mais humanas e justas, privilegiando o respeito à diversidade sociocultural de todos os envolvidos no processo educacional que se relacionam direta ou indiretamente com o aluno. Muitas vezes observa-se que o ambiente se torna frio, hostil e de difícil convívio, geralmente isso é reflexo da falta de verificação dos problemas vivenciados pelos alunos, professores e a comunidade escolar e da falta de comunicação, que é um fator primordial para um bom relacionamento e positivas relações interpessoais. O espaço da escola não é apenas um “continente”, um recipiente que abriga alunos, livros, professores, um local em que se realizam atividades de aprendizagem, mas é também um “conteúdo” ele mesmo é educativo.

Maria Benedita Gonçalves Araujo da Silva
Coordenadora Pedagógica (aposentada)
e-mails: bene146@hotmail.com / contato@benearaujosilva.com.br

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Princípios e Diretrizes Pedagógicas da Educação Integral em Tempo Integral

Princípios e Diretrizes Pedagógicas da Educação Integral em Tempo Integral

Publicado em: 18/12/2015 3h27 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Conheça a trajetória do pensamento sobre a Educação Integral no Brasil e na cidade de São Paulo

Conheça a trajetória do pensamento sobre a Educação Integral no Brasil e na cidade de São Paulo

Publicado em: 18/12/2015 3h19 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Mapeamento das Experiências de Educação Integral em Tempo Integral na RME

Mapeamento das Experiências de Educação Integral em Tempo Integral na RME

Publicado em: 18/12/2015 3h16 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Compromisso com uma educação pública de qualidade social para todos e todas

Compromisso com uma educação pública de qualidade social para todos e todas

Publicado em: 18/12/2015 3h12 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Arte e emoção marcam comemoração dos 10 anos da Imprensa Jovem

Arte e emoção marcam comemoração dos 10 anos da Imprensa Jovem

Publicado em: 18/12/2015 2h37 - em Programas e Projetos

1 1.211 1.212 1.213 1.214 1.215 1.285