Notícias

Lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem da DRE Campo Limpo

Evento aconteceu no dia 17/04 no CEU Casa Blanca.

Publicado em: 09/10/2015 16h12 | Atualizado em: 30/11/2020

Aconteceu no dia 17 de abril, no Centro Educacional Unificado (CEU) CASA Blanca, o lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para Aprendizagem, o NAAPA, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Campo Limpo. Com a presença de Alexandre Ferreira Cordeiro, Diretor Regional da DRE Campo Limpo e Laura Rosa Ribeiro, Coordenadora do NAAPA DRE Campo Limpo, o evento contou com diversas apresentações e rodas de diálogo.

‘’O NAAPA foi criado na DRE com a intenção de atender a demanda de educandos com problemas na escolarização e dessa maneira, promover uma escola na qual todos e todas aprendam’’ explica Elza Ferrari, integrante da Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P). A Imprensa Jovem da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) CEU Casa Blanca cobriu todo o evento e os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jorge Americano realizaram uma apresentação da obra O Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente.

A Doutoranda da USP em Saúde Pública, Flávia Blikstein, a Coordenadora do CREAs M’Boi, Cláudia Ribeiro, a interlocutora de saúde mental da Supervisão Técnica de Saúde M’ Boi, Mari Pereira e a Supervisora Regional da Supervisão de Assistência Social de Campo Limpo, Marli Martins colocaram diversos assuntos em pauta: “As pessoas não precisam de lugares especializados, elas precisam caber nos lugares em que são e existem.” (Flávia Blikstein)

Marilu Santos Cardoso, Diretora da Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P) da DRE Campo Limpo, ratificou a importância de estratégias constituídas em parceria com as Unidades de maneira a garantir condições de construção de aprendizagens a todos os estudantes.

O Professor da SAAI do Centro Integral de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Campo Limpo Severino Barista da Silva (Billy), premiado nacionalmente pela dedicação às temáticas educacionais, apresentou os diversos projetos nos quais alunos e alunas do CIEJA, com o apoio da Equipe e da Diretora EDA, estão completamente integrados e onde se destaca o que o poeta André Gravatá chama de “Potência da Educação”.

Houve também uma roda de diálogo, composta também pelo Diretor Regional da DRE Campo Limpo Alexandre Ferreira Cordeiro, destacando que a expressão “dificuldades de aprendizagem” precisa ser repensada, pois há características de aprendizagens diferentes que precisam ser consideradas e potencializadas em vez de classificadas.

Veja mais fotos clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de grupos de estudantes gremistas

Seminários Regionais de Grêmios Estudantis ocorrem nas 13 DREs

Publicado em: 19/08/2022 2h17 - em Secretaria Municipal de Educação

banner de divulgação do Premio Paulo Freire - Qualidade no Ensino Municipal 2022

São divulgados os 12 projetos vencedores do Prêmio Paulo Freire 2022

Publicado em: 19/08/2022 12h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Cei Amigo Do Peito (1)

SME reconhece unidades educacionais que incentivam aleitamento materno 

Publicado em: 18/08/2022 12h48 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma sala de aula com mesas e cadeiras. Duas mulheres em pé, uma escreve no cartaz sobre a mesa e a outra lê um cartaz diferente que também está sobre a mesa. No quadrante inferior direito, um cartaz escrito 'Quais possíveis causas favorecem a ocorrência do caso?'.

SME e Instituto Vladimir Herzog desenvolvem projeto sobre acolhimento e saúde emocional na DRE Guaianases 

Publicado em: 18/08/2022 12h07 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Whatsapp Image 2022 08 17 At 10.08.12

Cursos de idiomas nos CELPs começaram nesta terça-feira

Publicado em: 17/08/2022 4h17 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.264