Notícias

Lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem da DRE Campo Limpo

Evento aconteceu no dia 17/04 no CEU Casa Blanca.

Publicado em: 09/10/2015 16h12 | Atualizado em: 30/11/2020

Aconteceu no dia 17 de abril, no Centro Educacional Unificado (CEU) CASA Blanca, o lançamento do Núcleo de Apoio e Acompanhamento para Aprendizagem, o NAAPA, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Campo Limpo. Com a presença de Alexandre Ferreira Cordeiro, Diretor Regional da DRE Campo Limpo e Laura Rosa Ribeiro, Coordenadora do NAAPA DRE Campo Limpo, o evento contou com diversas apresentações e rodas de diálogo.

‘’O NAAPA foi criado na DRE com a intenção de atender a demanda de educandos com problemas na escolarização e dessa maneira, promover uma escola na qual todos e todas aprendam’’ explica Elza Ferrari, integrante da Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P). A Imprensa Jovem da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) CEU Casa Blanca cobriu todo o evento e os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Jorge Americano realizaram uma apresentação da obra O Auto da Barca do Inferno, de Gil Vicente.

A Doutoranda da USP em Saúde Pública, Flávia Blikstein, a Coordenadora do CREAs M’Boi, Cláudia Ribeiro, a interlocutora de saúde mental da Supervisão Técnica de Saúde M’ Boi, Mari Pereira e a Supervisora Regional da Supervisão de Assistência Social de Campo Limpo, Marli Martins colocaram diversos assuntos em pauta: “As pessoas não precisam de lugares especializados, elas precisam caber nos lugares em que são e existem.” (Flávia Blikstein)

Marilu Santos Cardoso, Diretora da Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P) da DRE Campo Limpo, ratificou a importância de estratégias constituídas em parceria com as Unidades de maneira a garantir condições de construção de aprendizagens a todos os estudantes.

O Professor da SAAI do Centro Integral de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Campo Limpo Severino Barista da Silva (Billy), premiado nacionalmente pela dedicação às temáticas educacionais, apresentou os diversos projetos nos quais alunos e alunas do CIEJA, com o apoio da Equipe e da Diretora EDA, estão completamente integrados e onde se destaca o que o poeta André Gravatá chama de “Potência da Educação”.

Houve também uma roda de diálogo, composta também pelo Diretor Regional da DRE Campo Limpo Alexandre Ferreira Cordeiro, destacando que a expressão “dificuldades de aprendizagem” precisa ser repensada, pois há características de aprendizagens diferentes que precisam ser consideradas e potencializadas em vez de classificadas.

Veja mais fotos clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem de uma mão sobre o computador.

SME abre processo seletivo interno para coordenador de Polo UniCEU

Publicado em: 14/01/2022 5h27 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de professora atendendo um garoto em sua mesa. Todos usam máscara facial.

SME publica classificação definitiva dos candidatos para eventual contratação

Publicado em: 14/01/2022 10h30 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de dois notebooks sobre uma mesa
Imagem com diversas antenas.

Prefeitura sanciona Lei das Antenas

Publicado em: 13/01/2022 12h07 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia mostra uma mão infantil sendo auxiliada pela mão de um adulto

Bolsas de estágio têm aumento de 30% e SME possui 4 mil vagas para contratação

Publicado em: 12/01/2022 2h50 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211