Notícias

I Encontro de Estudantes do “#Tamojunto” de Santo Amaro e Cidade Ademar

Evento buscou ouvir os alunos do Programa

Publicado em: 30/12/2015 10h43 | Atualizado em: 30/11/2020
tamo_junto_sm_740_x_430.jpg

A Secretaria Municipal de Educação (SME), em parceria com a Diretoria Regional de Educação (DRE) Santo Amaro, realizou no dia 4 de dezembro, o I Encontro de Estudantes do “#Tamojunto” de Santo Amaro e Cidade Ademar, no auditório da DRE Santo Amaro.

O encontro teve como objetivo principal escutar os relatos e opiniões dos alunos sobre o programa. Através de apresentações de teatro e música, os estudantes demonstraram o seu aprendizado sobre o tema e abordaram sua participação na transformação do cenário atual, em relação às drogas e outras situações a que estão expostos.

Estiveram presentes coordenadores pedagógicos da Rede Municipal de Ensino, a Dra. Maria Luíza, Supervisora Técnica de Saúde de Santo Amaro e Cidade Ademar, Ricardo Marcolino e Maria Helena, Coordenadores do Programa Saúde Escolar, dentre outros servidores da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), e a equipe da Divisão de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P) da DRE Santo Amaro.

Para Aparecida Sonvesso, articuladora do #Tamojunto pela DRE Santo Amaro, o encontro “objetivou uma escuta atenta desses importantes atores para a transformação do cenário atual com relação às drogas e outras situações de risco a que estão expostos. Também oportunizou um espaço para o protagonismo e autoria dos estudantes. Dessa forma, ouvi-los foi primordial para uma completa avaliação dos impactos do programa na perspectiva do empoderamento desses jovens e suas habilidades de arbítrio frente à vida”.

#TamoJunto – Este é um programa desenvolvido pelo Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crime (UNODC) e a Coordenação Geral de Saúde Mental, Álcool e Outras Drogas do Ministério da Saúde.

Em uma primeira etapa participam os professores do 8º ano do Ensino Fundamental, que recebem capacitação que permitirá instrumentalizar os educandos com habilidades e recursos para que possam lidar com influências sociais, adquirindo conhecimento sobre drogas e suas consequências para a saúde.

Após as formações, os Educadores promovem discussões entre os alunos, em uma linguagem descontraída e acessível, abordando diversos assuntos e situações de stress que podem levar adolescentes a usarem drogas. O Programa fortalece diversos fatores de proteção, como bem estar psicológico e bom relacionamento com os pais, que tornam os alunos menos vulneráveis ao uso de drogas e a outros comportamentos negativos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia da fachada do CEU Paraisópolis, onde mostra um prédio redondo e outro retangular na lateral, com faixas coloridas na frente.

CEU Paraisópolis promove evento com atividades gratuitas para toda a família

Publicado em: 23/11/2022 2h42 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudante de Educação de Jovens e Adultos Eja

Escolas municipais de SP recebem matrículas de estudantes da EJA para 2023

Publicado em: 21/11/2022 5h10 - em Secretaria Municipal de Educação

Fragmento da capa das Orientações Curriculares Povos Afro Brasileiros
Arte com duas meninas negras em frente a uma estampa étnica, na parte superior o texto
Fotografia de três crianças negras. Dois meninos e uma menina, todos olham para a lente da câmera fotográfica.

CEUs promovem concursos para celebrar o Dia da Consciência Negra

Publicado em: 18/11/2022 5h43 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.298