Notícias

Grupo de pesquisa da EMEF Marina Melander visita ateliê do artista Eduardo Srur

Estudantes estão produzindo um documentário sobre a entrevista que realizaram com artista

Publicado em: 20/08/2018 16h42 | Atualizado em: 30/11/2020

srur_drecapela_740x430.jpg

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Profª Marina Melander Coutinho, da Diretoria Regional da Educação (DRE) Capela do Socorro, realizaram no último dia 10 de agosto uma visita ao ateliê do artista plástico e pintor Eduardo Srur. O trabalho colaborativo autoral (TCA) dos alunos tem como tema central a “Arte Pública e seus Desdobramentos”.

A orientadora da pesquisa e professora de artes, Camila Nunes, acredita na importância da visita. ”Buscamos sempre oportunizar momentos de pesquisa, criação e protagonismo dos estudantes do ciclo autoral”, observa. Durante a atividade, os estudantes realizaram uma entrevista gravada com o artista e quiseram saber sobre o seu processo criativo, motivações e o papel da arte na sociedade.

Eduardo Srur narrou as dificuldades no apoio à arte e cultura no país e disse que vê seu trabalho como forma de preparar o terreno para as futuras gerações, uma vez que apresenta problemáticas pertinentes ao cotidiano da população. Ele ainda afirmou que “o artista definitivamente tem que fazer um trabalho para a sociedade”.

A gravação vai virar um documentário de curta-metragem para mostrar a pesquisa aos demais estudantes da EMEF. A experiência foi bastante significativa, conforme define o estudante Lucas Eugênio. “Me senti honrado em conhecer um artista renomado, que com a sua arte expressa liberdade e afronta assuntos do cotidiano”, disse Lucas. A estudante Evellyn Santos considera o artista “muito educado e criativo, que tem na cidade uma tela em branco”.

Sobre Eduardo Srur
A carreira de Srur tem início na pintura, mas o artista ganha notoriedade mundial com suas intervenções urbanas. Nascido em São Paulo, ele retrata com olhar crítico e conceitual as questões cotidianas e ambientais da metrópole, buscando aproximar a arte das pessoas e fazê-las pensar.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Banner de divulgação do V Seminário Agosto Indígena - 2022 - Indígenas na cidade, São Paulo Terra Indígena. Fotografia estilizada de crianças indígenas brincando em uma árvore. Ao fundo, imagem estilizada de pontos turísticos da cidade de São Paulo.

SME promove seminário ‘Agosto Indígena’ no Theatro Municipal de SP nesta segunda (15)

Publicado em: 11/08/2022 4h42 - em Secretaria Municipal de Educação

Quatro estudantes estão sentadas em suas carteiras, há um livro na frente deles. Uma menina aparece à frente da fotografia, os outros estão desfocados mais ao fundo.

Dia do Estudante: Veja sete curiosidades da Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 11/08/2022 1h23 - em Secretaria Municipal de Educação

Oito pessoas estão sentadas, uma ao lado da outra, em cadeiras sob o palco. Atrás delas, há uma imagem projetada no telão com com oito fotografias. No canto esquerdo do palco, na frente, há um púlpito com uma faixa escrito

DRE Guaianases realiza 6º Vozes Estudantis em Movimento em comemoração ao Dia do Estudante

Publicado em: 11/08/2022 10h46 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Professor e estudantes que jogam Carcassonne posando para foto.

Campeão nacional de carcassonne aprendeu jogo com professor da Rede Municipal

Publicado em: 10/08/2022 12h03 - em Secretaria Municipal de Educação

Sala de aula com estudantes da Educação de Jovens e Adultos.
1 2 3 4 5 1.263