Notícias

Grupo de pesquisa da EMEF Marina Melander visita ateliê do artista Eduardo Srur

Estudantes estão produzindo um documentário sobre a entrevista que realizaram com artista

Publicado em: 20/08/2018 16h42 | Atualizado em: 30/11/2020

srur_drecapela_740x430.jpg

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Profª Marina Melander Coutinho, da Diretoria Regional da Educação (DRE) Capela do Socorro, realizaram no último dia 10 de agosto uma visita ao ateliê do artista plástico e pintor Eduardo Srur. O trabalho colaborativo autoral (TCA) dos alunos tem como tema central a “Arte Pública e seus Desdobramentos”.

A orientadora da pesquisa e professora de artes, Camila Nunes, acredita na importância da visita. ”Buscamos sempre oportunizar momentos de pesquisa, criação e protagonismo dos estudantes do ciclo autoral”, observa. Durante a atividade, os estudantes realizaram uma entrevista gravada com o artista e quiseram saber sobre o seu processo criativo, motivações e o papel da arte na sociedade.

Eduardo Srur narrou as dificuldades no apoio à arte e cultura no país e disse que vê seu trabalho como forma de preparar o terreno para as futuras gerações, uma vez que apresenta problemáticas pertinentes ao cotidiano da população. Ele ainda afirmou que “o artista definitivamente tem que fazer um trabalho para a sociedade”.

A gravação vai virar um documentário de curta-metragem para mostrar a pesquisa aos demais estudantes da EMEF. A experiência foi bastante significativa, conforme define o estudante Lucas Eugênio. “Me senti honrado em conhecer um artista renomado, que com a sua arte expressa liberdade e afronta assuntos do cotidiano”, disse Lucas. A estudante Evellyn Santos considera o artista “muito educado e criativo, que tem na cidade uma tela em branco”.

Sobre Eduardo Srur
A carreira de Srur tem início na pintura, mas o artista ganha notoriedade mundial com suas intervenções urbanas. Nascido em São Paulo, ele retrata com olhar crítico e conceitual as questões cotidianas e ambientais da metrópole, buscando aproximar a arte das pessoas e fazê-las pensar.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283