Notícias

Fundação da AEL Monteiro Lobato – EMEF Dr. João Naoki Sumita

83ª AEL da Rede Municipal de Ensino e 4ª a escolher Monteiro Lobato como Patrono

Publicado em: 19/10/2018 14h21 | Atualizado em: 30/11/2020

funda_ael_monteiro_lobato_740x430.jpg

No dia 29 de setembro, sábado, aconteceu no auditório do Centro Educacional Unificado (CEU) Formosa, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Itaquera, a cerimônia de fundação da Academia Estudantil de Letras (AEL) Monteiro Lobato, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dr. João Naoki Sumita.

Monteiro Lobato foi, pela quarta vez, o escritor escolhido como Patrono de uma AEL da Rede Municipal de Ensino de São Paulo (RME) – em quatro regiões da Cidade o autor recebeu esta homenagem.

O evento foi prestigiado pelas equipes gestora e docente da EMEF Dr. João Naoki Sumita, pela comunidade escolar e pelos familiares dos jovens acadêmicos.

A diretora da Unidade Educacional, Solange de Abreu Orlandeli, a assistente de direção, Lisandra de Moraes Domingues e as coordenadoras pedagógicas, Maria Aparecida Magalhães Lima e Elisangela de Paiva Botrel Pereira, em suas falas, destacaram a pertinência do Projeto AEL com as diretrizes que norteiam o Currículo da Cidade de São Paulo em suas Matrizes de Saberes, na valorização e fruição das manifestações artísticas e culturais, na participação de práticas diversificadas de produção social e na promoção do desenvolvimento integral dos estudantes.

A Coordenadora de Estudos Literários, Joelma Gomes Meirelles e o Coordenador das Atividades de Teatro, professor Sandro Baptista, ressaltaram os estudos, pesquisas e dedicação dos alunos, em todas as etapas do processo, nos meses que antecederam o momento da fundação da AEL Monteiro Lobato.

Após os estudantes receberem a medalha, assinarem o livro de Ata e realizarem o juramento acadêmico, a cerimônia foi engrandecida pelas apresentações sobre a vida e a obra dos seus amigos literários, com declamação de poesias e leituras de excertos escolhidos por eles para ilustrar o momento solene. Na sequência, os alunos apresentaram peça teatral sobre a obra de Monteiro Lobato, “O Sítio do Pica-Pau-Amarelo”.

“Houve máquina de bolinhas de sabão, gelo seco e estrelas verdes que rodopiavam no palco. Os acadêmicos apresentaram seus autores com alma, com sentimento. E no teatro desconstruíram o Sítio com muita beleza e criatividade: a tia Anastácia era branca e jovem; a Cuca era linda; a Fada era negra, fashion, estilosa e estava chegando de Paris”, descreveu, com alegria, a professora Lúcia Ramalho Nunes Munis, Coordenadora do Projeto AEL na Diretoria Regional de Educação de Itaquera, que prestigiou o evento.

Veja a galeria de fotos clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Imagem dividida em 3 retângulos, cada um com imagens que fazem alusão à símbolos indígenas
Foto de um adulto, com camiseta do Fab Lab, escrevendo em uma lousa branca, crianças acompanhando , tanto em pé, ao lado da lousa, como sentados.

Rede Fab Lab Livre SP abre agenda de oficinas para estudantes e professores da Rede Municipal

Publicado em: 22/02/2024 11h30 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de uma Menina Pintando Com Tinta
Fotografia de jovens em frente ao computador.

CEU São Mateus vai receber campeonatos de Free Fire e EA Sports FC 24

Publicado em: 21/02/2024 10h39 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.426