Notícias

Formação da Cidade oferecida pela SME é momento de estudo e reflexão aos professores da Rede Municipal

Projeto visa fortalecer o espaço de formação continuada em serviço

Publicado em: 08/03/2022 17h01 | Atualizado em: 08/03/2022
imagens abstratas com o texto Formação Da Cidade

A Secretaria Municipal de Educação atualizou a política pública de formação de professores que atuam na rede municipal de São Paulo. A partir deste ano, um dos focos do trabalho docente é recuperação das aprendizagens dos estudantes que foi agravada principalmente pela pandemia. Por isso, a formação também vai contemplar essa temática.

A necessidade de ações para o fortalecimento das aprendizagens dos estudantes da Rede Municipal tornou-se ponto essencial tendo em vista como a pandemia afetou a educação. As formações deste ano pretendem, considerando a identidade da rede, promover momentos de estudo aprofundado e ricas discussões entre os pares sobre o fazer pedagógico, levando em conta as especificidades das áreas.

Os professores que possuem carga horária completa, a JEIF (Jornada Especial Integral de Formação), de 40 horas aulas semanais, têm garantida 8 horas semanais para formação. Dessas, 4 horas são destinadas ao PEA (Projeto Especial de Ação).

O conteúdo do PEA é definido de forma autônoma pelas escolas. São as unidades educacionais que utilizam o tempo de formação do PEA, de acordo com as suas demandas próprias, em consonância com o Projeto Político Pedagógico (PPP), reverberando o fortalecimento das aprendizagens dos estudantes.

Agora, dentro da JEIF, em 2 horas semanais, além das reflexões sobre as práticas docentes as escolas também oferecerão subsídios para que os professores tenham condições de trabalhar a recuperação de aprendizagens em sala de aula.

Formação da Cidade

Uma das novidades desse ano dentro da formação de professores é que outras 2 horas semanais serão destinadas à Formação da Cidade, que será apoiada pela SME. Ela foi instituída por instrução normativa publicada em fevereiro desse ano.

A Formação da Cidade se dará por meio de atividades síncronas e assíncronas, ministradas de forma remota pelo Google Sala de Aula, voltadas para a didática e novamente para o fortalecimento das aprendizagens. Os profissionais terão, ainda, oportunidade para discutir ações de avaliação, planejamento e outros temas que interligam as diversas áreas do conhecimento.

Ao final do mês, os coordenadores pedagógicos de cada escola vão alinhar e retomar os assuntos tratados ao longo do período.

POA no ensino médio

Um dos profissionais que colaboram com a aplicação do projeto pedagógico dentro das escolas da rede municipal de São Paulo é o POA (Professor Orientador de Área).

Trata-se de um docente que atua em todas as escolas municipais de ensino fundamental e que tem como principal função oferecer apoio pedagógico aos professores para dirimir déficits e problemas ligados às questões pedagógicas.
Nesse ano, as escolas de ensino médio também passarão a ter o POA.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

fotos dos itens que compõe o uniforme das escolas da prefeitura de São Paulo
Fachada de uma Escola Tecnica Estadual - Etec

Aluno da EMEF Coelho Neto conquista primeiro lugar em curso da ETEC São Mateus

Publicado em: 27/01/2023 11h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de crianças da Emebs Lucie Bray fazendo pintura em plástico transparente. Uma professora os auxilia
fotografia de auditório com aReunião De Planejamento

SME promove Organização Pedagógica de 2023

Publicado em: 24/01/2023 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de fundo azul, com silhuetas de prédios e os dizeres: Aniversário de São Paulo

CEUs comemoram aniversário de SP nesta quarta com programação especial

Publicado em: 24/01/2023 2h53 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.310