Notícias

Estudantes recriam obras de pintores famosos com sacolas plásticas que seriam descartadas no meio ambiente

Técnica foi ensinada por artista Eduardo Srur que ajudou a formar os professores que conduziram os trabalhos; exposição começa neste sábado (11)

Publicado em: 10/06/2022 13h13 | Atualizado em: 13/06/2022
Estudantes sentados em volta de uma mesa produzindo com sacolinhas plásticas uma releitura da obra Abaporu de Tarsila do Amaral.

Neste sábado (11) será inaugurada a exposição Natureza Plástica, com obras produzidas pelos estudantes do CEU Campo Limpo, EMEF Hermes Ferreira de Souza e crianças e adolescentes do CAA Lar Batista. O projeto é resultado de uma parceria entre o CEU Campo Limpo com o consórcio Alto Pirajuçara.

São mais de 150 obras feitas pelos alunos com sacolas plásticas, que poderiam ser descartadas no meio ambiente. As cores são criadas com as sacolas que possuem tons e texturas diferentes, sem uso de tinta ou derivados. A técnica é do artista Eduardo Srur, que fez uma oficina piloto para que os professores da EMEF, os técnicos do Consórcio e o gestor do CCA Lar Batista pudessem conduzir os trabalhos com as crianças.

Releitura da obra "A Dança", de Henri Matisse, feita com sacolinhas plásticas por estudantes. O quadro está em uma parede branca com uma faixa de azulejos vermelhos abaixo.
A releitura da obra “A Dança”, de Henri Matisse, é destaque da exposição.

Os quadros são releituras de pinturas clássicas como Monalisa, O Grito e Abaporu. O projeto está alinhado às ações pedagógicas do CEU Campo Limpo, e aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, que são um apelo global para acabar com a pobreza, proteger o meio ambiente e o clima e garantir que as pessoas, em todos os lugares, possam desfrutar de paz e prosperidade.

A exposição fica disponível no CEU Campo Limpo até o dia 22 de junho.

Eduardo Srur e mil estudantes do CEU Campo Limpo

Fotografia de um homem em pé. Ele olha para um painel com obras feitas por estudantes com sacolinhas plásticas que são releituras de pinturas famosas.
O artista Eduardo Srur durante a montagem da exposição no CEU Campo Limpo.

Inspirado no conceito ampliando da arte, Eduardo Srur desenvolveu um programa artístico que promove palestras, oficinas criativas, conscinetização ambiental e exposição visual com o objetivo de deslocar o eixo cultural para a periferia e impactar diretamente a comunidade, seus agentes locais e as crianças.

Serviço

Inauguração – 11 de junho das 9h às 17h

Exposição – 11 a 22 de junho

Horários de funcionamento – Segunda a sexta das 7h às 23h
Sábados e domingos das 8h às 20h
Feriado das 8h às 18h

Endereço – Avenida Carlos Lacerda, 678 – Pirajussara, São Paulo

Entrada gratuita

Veja, abaixo, a galeria com algumas imagens da produções: 

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

Publicado em: 02/12/2022 1h47 - em Secretaria Municipal de Educação

foto ilustrativa de estágio

Prática de estágio em escola municipal é reconhecida pela Prefeitura de São Paulo

Publicado em: 02/12/2022 12h18 - em Diretoria Regional de Educação São Mateus

Educador Em Destaque

SME homenageia e premia professores da Rede Municipal no Educador em Destaque 2022

Publicado em: 01/12/2022 4h25 - em Secretaria Municipal de Educação

Uniceu

Quatro polos da Rede UniCEU estão com inscrições abertas para especialização gratuita

Publicado em: 01/12/2022 2h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotofrafia de uma pessoa com jaleco branco segurando uma escova de dentes gigantes e conversando com uma criança e duas pessoas adultas ao lado dela. Todos estão sorrindo e sentados à mesa que também possui uma dentadura gigante sobre ela.

Secretarias da Saúde e da Educação oficializam Programa Saúde na Escola

Publicado em: 01/12/2022 1h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.300