Notícias

Estudantes do Tamandaré visitam mostra no SESC Bom Retiro

Alunos que desenvolvem e participam do TCA dos sétimos e oitavos anos conhecem mostra sobre ilustradores internacionais premiados

Publicado em: 05/09/2018 16h13 | Atualizado em: 30/11/2020

alunos_tamandare_sesc_bom_retiro_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela Imprensa Jovem Rádio Calafrio

Como incentivo e valorização aos trabalhos desenvolvidos pelos grupos do Trabalho do Ciclo Autoral (TCA) e dos cartazes produzidos para o campeonato de poesia Slam, que deve ocorrer em setembro, os alunos dos sétimos e oitavos anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Tamandaré, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Jaçanã/Tremembé, visitaram nos dias 29 e 31 de agosto a mostra “A ilustração como Porta do Mundo – 50 anos da Mostra de Ilustradores da Feira Infantil e Juvenil de Bolonha” no SESC Bom Retiro.

A exposição faz um panorama muito bem representado por artistas internacionais premiados e outros cinco artistas brasileiros que são destaque na ilustração contemporânea: Odilon Moraes, Marilda Castanha, Daniel Bueno, Fernando Vilela e Mariana Zanetti. São ilustrações de 50 anos da Feira do Livro Infantil e Juvenil de Bolonha, considerado o evento mais importante do setor nos segmentos infantil e juvenil, envolvendo vários profissionais como ilustradores, editores, autores e outros profissionais.

As ilustrações são diversas, desde recursos do desenho, pintura até o design gráfico. E se engana quem pensa que a ilustração é apenas um complemento da história, relegado ao segundo plano. Algumas vezes a ilustração é a grande protagonista do livro, tomando mais destaque que o próprio texto. Nesses casos, cabe bem mencionar o filósofo Confúcio que dizia que “uma imagem vale mais que mil palavras”. Por outro lado, há também histórias em que ocorre a simbiose perfeita entre texto e ilustração.

Além de visitarem a mostra, os alunos participaram com arte-educadores de atividades envolvendo jogos, criatividade, percepção e ilustração. “A importância dessa exposição é como o próprio nome dela diz que é a ilustração como porta pro mundo. As imagens, as ilustrações são como portas ou mesmo janelas para o mundo, a gente por meio delas consegue ir pra vários lugares e imaginar várias coisas”, comentou Vinícius Lourenço Barbosa, um dos arte-educadores que realizou dinâmicas com os alunos.

A exposição também é uma chance para os adultos fazerem aquela viagem nostálgica no tempo, relembrando aventuras e histórias fantásticas da literatura infantil e juvenil. Com a curadoria nacional de Dolores Prades e curadoria internacional de Paola Vassali, a mostra segue até 14 de outubro com entrada gratuita.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Foto das pessoas presentes na cerimônia de posse do grêmio da EMEBS

EMEBS Anne Sullivan realiza evento para posse do Grêmio Estudantil

Publicado em: 01/06/2023 4h51 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

Fotografia de um espaço com cadeiras enfileiradas, elas estão com capas pretas e com bandeiras de países africanos colados. A frente há um painel com o desenho de uma pessoa negra e o texto

EMEF recebe visita de grupo de africanos para discutir cultura e desafios migratórios

Publicado em: 01/06/2023 3h47 - em Secretaria Municipal de Educação

Cartaz Recreio Julho 2023
Fotografia de uma quadra coberta.

Prefeitura de SP entrega mais duas coberturas de quadras poliesportivas em escolas da Rede Municipal

Publicado em: 31/05/2023 1h32 - em Diretoria Regional de Educação Ipiranga

Imagem com fundo de lego com o texto

1º Prêmio Braille Bricks Brasil da Fundação Dorina Nowill recebe inscrições de educadores 

Publicado em: 30/05/2023 5h34 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

1 2 3 1.348