Notícias

Estudantes do 6º ano organizam exposição para explicar a adaptação do ser humano

Exposição realizada pela escola EMEF Prof.ª Célia Regina Lekevicius Consolin gera reflexão sobre o período histórico do homem

Publicado em: 12/07/2017 12h27 | Atualizado em: 30/11/2020

expo_humano_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe da Imprensa Jovem da EMEF Célia Regina

Os alunos do sexto ano “A” da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Prof.ª Célia Regina Lekevicius Consolin organizaram uma exposição intitulada ‘‘Os Hominídeos e os seus movimentos pelo mundo’’ para os demais estudantes da unidade escolar, iniciativa desenvolvida em parceria com os professores de História Vera Lúcia e Hugo Barreto.

Com o objetivo de promover uma reflexão sobre o surgimento, ocupação do homem no mundo e sua luta pelo processo de adaptação às hostilidades impostas pela natureza, a exposição foi organizada pensando-se na concepção de territórios educativos, já que, muitas vezes, eles estão acostumados a imaginar e observar, por meio de imagens, a época trabalhada no contexto de sala de aula. Com a atividade, puderam, então, produzir a sua percepção do período histórico, bem como organizar maneiras de apresentar seus trabalhos a seus pares de modo compreensível, levando os presentes a vivenciarem o assunto desenvolvido.

Para a concretização deste trabalho, primeiramente, foi necessário focar as características apresentadas pelos hominídeos em seus diferentes períodos históricos, conhecidos como: paleolítico, neolítico e idade dos metais. Também foram desenvolvidas as teorias que discutem como o ser humano chegou ao continente americano.

Em seguida, organizou-se o espaço no qual foram expostos os trabalhos. Durante as apresentações, discutiram-se temas como o nomadismo, o sedentarismo, a prática da agricultura, a melhoria de utensílios e a utilização do fogo.

Tal planejamento fora realizado visando à compreensão dos trabalhos expostos, de modo que fizessem sentido e proporcionassem o entendimento da temática a partir de maquetes, mapas e objetos que ambientassem a época idealizada pelo grupo. A visitação foi monitorada pelos próprios discentes, que explicaram suas produções aos visitantes.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.213