Notícias

Estudantes de escola municipal ‘elegem’ Grêmio com urna eletrônica e representante do TRE

Em 2021 foram constituídos 342 Grêmios Estudantis; neste ano, a previsão é que 100% das escolas tenham suas agremiações

Publicado em: 29/04/2022 16h28 | Atualizado em: 29/04/2022

 

Imagem de uma urna eletrônica com a palavra 'FIM' na tela.

Mais de 700 alunos da EMEF Armando Cridey Righetti, da DRE São Miguel, elegeram nesta quinta-feira (28) o novo grêmio estudantil da unidade. A votação foi feita em três urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE).  

A chapa vencedora foi a “Good vibes”, nº 25, e tinha como representantes os estudantes Emily Reis Rodrigues e Pedro Miguel Alves de Araujo. Eles fizeram campanha com cartazes e passaram em todas as classes apresentando suas propostas que eram reformar telhado da quadra, reformar portas dos banheiros, tirar a proibição do celular, além de promover mais gincanas, campeonatos de basquete, vôlei, pebolim, disco e queimada.

A organização da eleição ficou por conta de 12 alunos da escola que fizeram o curso de mesário no TRE. Isabella Silva quis ser mesária para poder auxiliar os outros alunos. “Se eu não fosse mesária não daria para fazer a eleição com a urna eletrônica”, disse Isabella. Ela disse que acha importante esse contato para ajudá-los quando forem votar de verdade.

Não foi a primeira vez que o TRE fez essa parceria com uma escola. “Nós já fizemos, tivemos que suspender por causa da pandemia, mas as escolas entram em contato e a gente consegue, na medida do possível, administrativamente falando, a gente faz a eleição”, informou Elis Silva, servidora do TRE. 

Apuração

Vanessa Diniz, secretária da escola judiciária do TRE, explicou como funciona a contagem dos votos. “Durante todo esse período eles estão inserindo seus votos na urna, quando finalizarmos o horário da eleição, a urna automaticamente emite uma filipeta chamada de ‘boletim de urna’ que está computado todos os votos dessa urna. […] São emitidos 3 vias do boletim de urna, como uma eleição normal, a única coisa diferente é a soma de todas as urnas para declarar o vencedor”, disse.

Segundo Vanessa, o objetivo dessas ações é que o estudante tenha a vivência e se habitue com um processo eleitoral, e também que a justiça eleitoral apresente uma maior transparência do trabalho. “Todos os mitos que surgem, as notícias que falam sobre a fragilidade da urna, possibilidade de fraude, quando os alunos desde mais novinhos crescem acompanhando esse processo, tendo esse contato com o sistema eleitoral, com a urna eletrônica, e até mesmo com todo o processo que leva um candidato até a urna e o eleitor a votar nele, isso se desfaz”, disse ela.

Os “eleitores” são estudantes do ensino fundamental I e II e tiveram sete chapas como opção de voto. Os “candidatos” fizeram campanhas prévias, entrando nas salas de aulas para pedirem votos e falarem de seus “planos de trabalho”, além de produzirem vídeos e cartazes. 

Chapa vencedora

Integrantes da chapa vencedora.

Parceria

A chapa eleita vai participar de reuniões para fazer a “transição” com a diretoria atual. A posse será no dia 30 de junho. 

“Se no âmbito da escola  já conseguirem pensar nessa dinâmica de escolher o melhor grupo para representá-los e durante essa escolha passar por um processo  igual ao processo normal de eleição, isso dá mais propriedade e sentido de cidadão para eles”, disse o professor de ciências, orientador do grêmio, José Wilton do Santos.

Barbara Lima, servidora do TRE que acompanhava e auxiliava os “eleitores” e “mesários”, frisou a importância da parceria. “Acho que a maioria aqui nunca teve contato com a urna […] Depois percebem que eles estão fazendo parte de uma escolha importante para a escola deles e que no futuro eles vão fazer parte de uma escolha maior.”

“Eu achei interessante, porque a gente nunca votou assim na urna”, disse a estudante Jeany Nery Alves. Os estudantes estavam entusiasmados por terem tido esse primeiro contato com a urna eletrônica.

Grêmio anterior 

Grêmio atual

Integrantes do grêmio atual

Para os representantes do grêmio atual,  Gabriel Santos e Breno Oliveira, o mandato foi tranquilo, pois  tiveram apoio da direção e coordenação da escola. 

“Total apoio, foi algo bem simples. Em alguns momentos a gente tinha que debater algumas ideias, mas era só para esclarecer tudo, então sempre entramos em acordo”, disseram.

Eles reforçaram que desenvolveram alguns projetos, como o clube de xadrez, jornal da escola, iniciaram a ideia de clubes iniciais, e também conseguiram fazer passeios, como uma exposição da Nasa. 

A sala do grêmio foi pintada por duas alunas e um professor. “Foi super legal, a gente veio bem cedinho e começou a pintar. Achamos que não ia dar pra terminar mas no final tudo correu bem”, disse Isabella Silva. 

Sala do grêmio

Sala do grêmio

Em toda a Rede 

No ano passado foram constituídos 342 Grêmios Estudantis na Rede Municipal. Neste ano, já são 550 em processo de formação e a expectativa é que 100% das escolas tenham seus Grêmios. A Secretaria Municipal de Educação vai apoiar as escolas que necessitarem.

O prazo máximo para eleição das chapas terminou nesta quinta-feira (28). O objetivo dos grêmios é defender o interesse dos estudantes e criar, democraticamente, oportunidades para que discutam, desenvolvam e fortaleçam ações que estimulem a convivência harmoniosa na escola. 

As diretorias das chapas devem ser compostas por oito integrantes que ficam responsáveis por diferentes áreas, como comunicação, esportes, cultura, entre outros. O programa de formação dos grêmios pretende fomentar a participação dos estudantes no cotidiano e incentivar o exercício da cidadania e o engajamento democrático. 

Os grêmios são constituídos por estudantes do ensino fundamental I e II. Entretanto, a Secretaria Municipal de Educação também estimula o movimento na Educação de Jovens e Adultos (EJA) e nas unidades de educação infantil por meio dos Conselhos Mirins.

O grêmio poderá promover ações na área social, cultural, esportiva, educacional e política, por meio de eventos, cursos, debates, palestras e campeonatos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Ilustração de uma jovem negra que é personagem da Revista Jovenilda e sua turma
fotos dos itens que compõe o uniforme das escolas da prefeitura de São Paulo
Fachada de uma Escola Tecnica Estadual - Etec

Aluno da EMEF Coelho Neto conquista primeiro lugar em curso da ETEC São Mateus

Publicado em: 27/01/2023 11h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de crianças da Emebs Lucie Bray fazendo pintura em plástico transparente. Uma professora os auxilia
fotografia de auditório com aReunião De Planejamento

SME promove Organização Pedagógica de 2023

Publicado em: 24/01/2023 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.310