Notícias

Estudantes de EMEF da Brasilândia concluem curso de balé de 8 anos

Evento com a participação do rapper Emicida; trabalho é conduzido pela professora de Educação Física e bailarina Alessandra Gomes

Publicado em: 03/05/2022 16h56 | Atualizado em: 03/05/2022
Fotografia mostra 5 bailarinas e 1 bailarino. Elas estão com collant e saia preta, meia calça e sapatilha de meia ponta cor de rosa. O bailarino veste camisa branca e calça preta. Ao centro, a professora Alessandra abraça uma das participantes.

Estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) André Rodrigues de Alckmin, na Brasilândia, concluíram o curso de balé no último sábado (30). Os formandos tinham entre 14 e 15 anos e participaram das aulas durante 8 anos. 

Esses bailarinos fazem parte do projeto “Educando através da dança” da professora de Educação física e bailarina Alessandra Gomes. Ela ensina as técnicas do balé clássico e contemporâneo, além das nomenclaturas e história da dança. Os jovens utilizam sapatilhas de ponta e aprendem as variações de balé de repertório e contemporâneo.

O evento contou com apresentações dos formandos em balé clássico, de repertório e contemporâneo com solos, coreografias em grupo, pas de deux (danças em casais), trios, além de apresentações de outros alunos que também participam das aulas, todas coreografadas pela Alessandra. 

A formatura aconteceu na própria EMEF, a gestão escolar deu todo suporte para a montagem da infraestrutura do evento. Essa escolha de local foi para facilitar o acesso dos convidados dos bailarinos e por ser onde nasceu o projeto.

“Senti a sensação de missão cumprida, fiquei muito emocionada, essa foi a primeira formatura do projeto. É gratificante ter esse projeto por 10 anos em uma escola pública e ver que o meu trabalho está dando certo”, disse Alessandra.

A professora explicou também que quando os estudantes mais velhos criam certa autonomia nas aulas, eles a ajudam sendo monitores, e alguns desses bailarinos já auxiliam no projeto com as turmas iniciantes.

Fotografia de formandos de balé no palco. Mostra 7 bailarinas, usando collant e saia preta, meia calça e sapatilha cor de rosa; e um bailarino de camisa branca e calça preta.
Formandos no palco

Participação do Emicida

O cantor Emicida mandou um vídeo especialmente para os alunos os parabenizando pela conquista e trajetória, assista abaixo:

 

Alessandra disse que as alunas são muito fãs do cantor, que utiliza as músicas dele nas aulas de contemporâneo, sempre o colocando como figura de destaque no avanço cultural. Por isso, ela entrou em contato com ele no início do ano, até que obteve resposta e conseguiu que ele enviasse o vídeo. 

“[…] Porque só a arte tem a capacidade de fazer a luz da vida brilhar e iluminar assim os caminhos novos pro mundo,” foram algumas palavras que o artista deixou, em vídeo, para os bailarinos.

O Projeto

Arte com um coração, dois bailarinos e uma nota musical. Segue com o texto "Educando através da dança - Profª Alessandra Gomes"
Projeto Educando através da dança

“Educando através da dança” existe há 10 anos e atualmente atende cerca de 150 estudantes. Ele foi idealizado e é realizado pela professora Alessandra Gomes, que é formada pelo Teatro Municipal de São Paulo (Escola Municipal de Bailados) em balé clássico e contemporâneo.

Em 2012 esse projeto teve início, com o objetivo de abordar aspectos técnicos e culturais, proporcionando uma postura adequada diante da vida. Atualmente, o projeto atende cerca de 150 estudantes de faixas etárias diferenciadas e nível técnico, que vão do iniciante ao avançado. Todo final de ano, a professora organiza mostras de dança, onde todos os estudantes participam com danças solo ou em grupo.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283