Notícias

Estudante da EMEF Perimetral integra equipe vencedora de iniciativa promovida pela NASA

Natan Cardoso ajudou a desenvolver composto para construção de estruturas extraterrenas

Publicado em: 15/12/2017 16h08 | Atualizado em: 30/11/2020

garatea_1_740_X_430.jpg

O resultado do Projeto Garatea, elaborado pela NASA para dar oportunidade a estudantes apresentarem projetos envolvendo química e física e que possam ser utilizados pela estação espacial, foi divulgado na quinta-feira, 14 de dezembro, e um estudante da rede municipal de ensino está entre os integrantes do grupo escolhido.

Natan Cardoso é aluno da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Perimetral, da Diretoria Regional de Ensino (DRE) Campo Limpo, e cursa o oitavo ano. Natan conta que, antes do projeto, não tinha muito interesse pela área, porém o contato com os colegas do grupo e as descobertas advindas do projeto colaboraram para que ele se aprofundasse na área das Ciências. Natan continuará acompanhando o projeto nos próximos meses, durante as experiências na estação espacial, e no ano que vem começará um curso de Cientista Aprendiz no colégio Dante Alighieri. “Nessa experiência aprendi que podemos fazer de tudo, pois somos capazes de conseguir ultrapassar qualquer desafio”, diz Natan.

O projeto ainda teve supervisão de duas professoras da EMEF Perimetral, Camila Mafra Uva e Ana Luisa Pisani, e se trata de um composto formado por cimento e pó de plástico verde, elaborado para possibilitar a construção de estruturas extraterrenas. A substância será enviada à estação espacial para a realização de testes que avaliarão se o composto se solidificará o suficiente para ser usado em ambientes de microgravidade.

garatea_2_740_x_430.jpg

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.439