Notícias

Escolas Municipais recebem 1º Prêmio Heitor Villa-Lobos em cerimônia solene na Câmara Municipal de São Paulo

Ação valoriza projetos e trabalhos inovadores na área de Educação Musical na Rede Municipal

Publicado em: 02/12/2019 19h52 | Atualizado em: 06/08/2021
Platéia no Salão Nobre da Câmara Municipal de São Paulo para entrega do 1º Prêmio Heitor Villa-Lobos.

Crédito: André Moura/CMSP


Na última sexta-feira (29), a Câmara Municipal de São Paulo premiou projetos musicais das escolas municipais com o 1º Prêmio Heitor Villa-Lobos. No total, foram 34 trabalhos inscritos que passaram por avaliação de uma Comissão Julgadora.

O Prêmio Heitor Villa-Lobos foi dedicado às escolas municipais da cidade de São Paulo e aos respectivos professores que apresentaram projetos ou trabalhos inovadores e promissores na área de Educação Musical.

As Escolas premiadas receberam um diploma como sinal de reconhecimento do Legislativo Paulistano. Os projetos premiados foram:

1º Lugar – Projeto Som Duarte, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Prof. Antônio Duarte de Almeida;

2º Lugar – Projeto Canto Coral, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Henrique Felipe da Costa – Henricão;

3º Lugar – Projeto Coral Feitiço, do Centro Educacional Unificado – Escola Municipal de Ensino Fundamental (CEU EMEF) Feitiço da Vila.

Entre os critérios de avaliação para a premiação estava articulação com os processos de ensino e de aprendizagem e o impacto gerado para a aprendizagem; a relevância educacional do trabalho; a criatividade e originalidade; o envolvimento de estudantes e da comunidade escolar na concepção e execução do trabalho e inovação metodológica e pedagógica.

SME investe na compra de instrumentos musicais para fanfarra

Em 2019, a Secretaria Municipal de Educação investiu R$1,8 milhão na compra de 1.610 instrumentos que vão ampliar o trabalho com educação musical nas escolas de Ensino Fundamental da cidade de São Paulo. Com a aquisição, a Rede passa a contar com 222 escolas com projetos de bandas ou fanfarras, que equivale a um aumento em 35% do número atual.

Dois kits, contendo 28 de instrumentos, começam a chegar em 57 Unidades Escolares ainda em 2019. Cada escola receberá 8 trompetes, 8 trombones, 2 trompas, 2 tubas, 2 pares de pratos, 2 bombardinos (euphonium), 2 caixas, 2 bombos, além de 28 estantes para partitura para iniciar trabalho com grupos de concerto ou marcha (bandas e fanfarras).

O trabalho com instrutores de metais e percussão nestas unidades serão iniciados em 2020.  Atualmente, 100 profissionais com cargos de Instrutor de Metais e Percussão já atuam em 165 das nossas escolas de Ensino Fundamental.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia do Theatro Municipal da parte externa toda iluminada durante a noite.

Projeto Municipal Circula oferece espetáculos gratuitos nos CEUS 

Publicado em: 22/04/2024 12h21 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de mãos unidades e a logomarca da crece
Festival Literário

EMEF Célia Regina Lekevicius Consolin promove Festival literário para toda a comunidade

Publicado em: 19/04/2024 4h16 - em Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé

Um professor segura o braço de uma estudante que sobe em uma corda. Ao fundo, uma floresta e um rio.

Estudantes da Rede Municipal visitam Polo de Ecoturismo de São Paulo

Publicado em: 18/04/2024 6h16 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra seis pessoas sentadas em uma bancada vermelha, atrás deles se lê

Secretaria Municipal de Educação promove encontro formativo para educadores sobre proteção escolar

Publicado em: 18/04/2024 3h16 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.440