Notícias

Escola municipal apresenta peça de teatro sobre cultura africana

A atividade faz parte da programação do Dia da Família na Escola e acontece nesta sexta-feira (1)

Publicado em: 29/11/2023 13h06 | Atualizado em: 29/11/2023
Fotografia mostra estudantes vestidos de preto com os rostos pintados com diferentes máscaras africana. Eles estão em um cenário com folhas secas ao chão e árvores pretas ao fundo. Há um menino com um instrumento de percussão.

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) João Ramos Pernambuco Abolicionista, da DRE Jaçanã/Tremembé, os estudantes apresentarão a peça de teatro “A Primeira Máscara”, nesta sexta-feira (1), na própria escola. As sessões que fazem parte da programação do Dia da Família na Escola acontecerão às 10h, 10h40 e 11h20. 

A iniciativa tem como objetivo ampliar o protagonismo dos estudantes, desenvolver o domínio e expressão corporal, a verbalização, a capacidade de organização e gestão pessoal, além da valorização e conscientização da comunidade escolar sobre a Cultura Afro-brasileira.

A produção e os ensaios foram realizados durante as aulas, já que envolveram professores de diversas disciplinas como Arte, Língua Portuguesa, Inglês, Geografia. Participaram, inclusive, a Professora Orientadora da Sala de Leitura (POSL) e o Professor Orientador de Educação Digital (POED), que produziu, juntamente com os estudantes, peças impressas em 3D no Laboratório de Educação Digital. 

Interdisciplinaridade e protagonismo estudantil 

Para a produção e realização da peça de teatro os professores e estudantes se envolveram das mais diferentes maneiras. Teve adaptação do texto para o teatro e realização de ensaio conduzido pelas professoras de Inglês e Geografia. A pesquisa e confecção das máscaras de diversas tribos africanas, além da decoração e cenário aconteceram nas aulas de Arte. 

Objetos que serão usados no cenário foram produzidos no Laboratório de Educação Digital. A Professora Orientadora da Sala de Leitura se encarregou dos registros para que ao final do processo pudessem rever com os estudantes tudo o que foi realizado. 

Para as apresentações, estudantes se envolveram desde o processo de maquiagem dos estudantes-atores, até a sonoplastia, percussão, música, organização do evento e bilheteria.  

Origem da ação

A ideia para o projeto de teatro surgiu durantes os estudos realizados pelos professores nos horários coletivos em que trabalhavam sobre educação antirracista. Foi quando a professora de Língua Portuguesa, Andrezza Bondiolli, fez a leitura do livro “A primeira máscara”, de Maté, e entusiasmou os colegas com a ideia do teatro. A partir daí os professores pensaram em propor algo para os alunos e foram montando a atividade gradualmente. 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de grupo de jovens em participação de uma reunião

SME incentiva que estudantes, familiares e profissionais façam parte das instâncias de participação

Publicado em: 27/02/2024 12h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de cinco estudantes com a camiseta laranja do Imprensa Jovem. Três estudantes estão sentados em bancos altos em frente a uma estante de livros e a menina que está no meio segura um microfone e um celular. Todos olham para o celular. Em primeiro plano, de costas para o ângulo da fotografia, um menino manuseia o tripé em que está a câmera e o celular, atrás de sua camiseta laranja está escrito em preto Imprensa Jovem. Em frente a ele, e também de costas para o ângulo da foto, há mais uma estudante.
Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Imagem dividida em 3 retângulos, cada um com imagens que fazem alusão à símbolos indígenas
Foto de um adulto, com camiseta do Fab Lab, escrevendo em uma lousa branca, crianças acompanhando , tanto em pé, ao lado da lousa, como sentados.

Rede Fab Lab Livre SP abre agenda de oficinas para estudantes e professores da Rede Municipal

Publicado em: 22/02/2024 11h30 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.427