Notícias

Encontro marca debate sobre o Transtorno do Espectro Autista na Secretaria Municipal de Educação

Evento ocorreu por ocasião do Dia Mundial da Conscientização do Autismo

Publicado em: 02/04/2019 20h44 | Atualizado em: 30/11/2020

evento_autismo 1.jpg

A Secretaria Municipal de Educação recebeu em seu auditório, nessa terça-feira (2), profissionais da educação e da saúde para discutirem sobre as políticas de inclusão da Rede Municipal de Ensino (RME). A data da reunião foi escolhida por ser conhecida como o Dia Mundial da Conscientização do Autismo.

Presente ao evento, o Secretário de Educação, João Cury, ressaltou a importância de políticas públicas bem formuladas e a participação das pessoas nas mais diversas instâncias de discussão. Segundo ele, “Essa data proporciona um rico momento para discussão do papel do poder público como agente de transformação, e de provocação do processo de inclusão”, comentou Cury.

Silvana Drago, responsável pela Divisão de Educação Especial da Secretaria Municipal de Educação (SME/DIEE) apresentou as políticas de inclusão, o Currículo da Cidade, o funcionamento do atendimento da educação especial e as reflexões necessárias. Segundo ela, na Rede todo o esforço é pela educação inclusiva e todos devem se empenhar.

Para fechar a manhã, a professora Marise Bastos, doutora em Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano ressaltou que a inclusão das pessoas com Transtorno do Espectro Autista no ambiente escolar é muito importante, uma vez que a construção da identidade pessoal está na experiência do indivíduo com o mundo.

evento_autismo 3.jpg

Durante as discussões da manhã o público foi composto por participantes do Projeto Rede, parceria entre a SPDM (Associação Paulista para o Desenvolvimento da Medicina) e a Secretaria Municipal de Educação que visa recrutar e treinar as pessoas da comunidade para se tornarem tutores dos alunos com deficiência e auxiliá-los nas atividades de vida escolar, denominados auxiliar de vida escolar (AVE).

No período da tarde quem conduziu a conversa foi a professora mestra Eliana Cunha, que além de especialista em Transtorno do Espectro Autista também tem um filho com TEA. A docente explicou que após 2012 o autismo passou a ser considerado deficiência; ela mostrou as características comportamentais e os comprometimentos da pessoa com TEA e ressaltou que o importante é que as pessoas autistas atinjam seu nível máximo de felicidade, e que professores, familiares e quem convivem com elas, não foquem no desempenho, mas no rebaixamento do nível de sofrimento.

evento_autismo 2.jpg

Silvana Drago finalizou o evento reafirmando que a Secretaria Municipal de Educação sempre pensa em como conciliar o espaço escolar para os mais de 3 mil estudantes com TEA que atende.

No período da tarde, participaram integrantes do Centro de Formação e Acompanhamento à Inclusão – CEFAI (A Secretaria conta com 13 CEFAIs, com Professores de Apoio e Acompanhamento a Inclusão, e profissionais como psicólogos, fonoaudiólogos e assistentes sociais).

Para saber mais sobre a Educação Especial na Rede Municipal de Ensino de São Paulo clique aqui.

Para saber mais sobre o Projeto Rede, clique aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Avaliação institucional CIEJA 2015

Avaliação institucional CIEJA 2015

Publicado em: 21/10/2015 4h13 - em Diretoria Regional de Educação Jaçanã/Tremembé

Grupo Bicho de Pé faz show no CEU Butantã

Grupo Bicho de Pé faz show no CEU Butantã

Publicado em: 21/10/2015 3h44 - em CEU e COCEU

Peça “Why The Horse?” no CEU Inácio Monteiro

Peça “Why The Horse?” no CEU Inácio Monteiro

Publicado em: 21/10/2015 3h24 - em CEU e COCEU

Jornada Especial Integral de Formação – JEIF para o ano de 2016

Jornada Especial Integral de Formação – JEIF para o ano de 2016

Publicado em: 21/10/2015 3h04 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

Diálogos com a Rede na DRE Freguesia/Brasilândia

Diálogos com a Rede na DRE Freguesia/Brasilândia

Publicado em: 21/10/2015 2h20 - em Diretoria Regional de Educação Freguesia/Brasilândia

1 1.261 1.262 1.263 1.264 1.265 1.284