Notícias

EMEF Irineu Marinho apresenta atividades em comemoração ao Dia Municipal de Luta pela Educação Inclusiva

Evento contou com apresentação de músicas, exposição de trabalhos e relatos feitos pela comunidade escolar

Publicado em: 18/04/2018 10h00 | Atualizado em: 04/05/2021

irineu_740_X_430.jpg

No dia 14 de abril, em comemoração ao Dia Municipal de Luta pela Educação Inclusiva, instituído pela Lei 15.034/11, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Irineu Marinho, da Diretoria Regional de Educação Ipiranga (DRE Ipiranga), apresentou atividades desenvolvidas na unidade escolar que representam o conceito de Educação Inclusiva proposto no Currículo da Cidade de São Paulo.

Participaram do evento o Secretário Municipal de Educação, Alexandre Schneider, o Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, Cid Torquato, a Coordenadora de Projetos da Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), Renata Beluzio, o Diretor Regional de Educação do Ipiranga, José Waldir Gregio, a Supervisora Escolar, Debora Figueiredo, a equipe de gestão escolar da EMEF Irineu Marinho, composta por Selma Gouveia (Diretora), Lisandra Pingo e Rita de Cassia Ferreira (Coordenadoras Pedagógicas), Claziane Pereira de Lima (Assistente de Direção), as responsáveis pela Sala de Recursos Multifuncionais (SRM), Elisandra Zerbinatti e Vanessa Harumi, assim como pais e estudantes da unidade educacional.

A programação do evento, intitulada “Irineu para Todxs”, teve início com a apresentação de um vídeo onde o ex-aluno Anael de Sousa Oliveira (deficiência visual) se locomove pela EMEF Irineu Marinho apresentando os espaços de aprendizagem e convivência.

Em seguida, a Diretora da unidade, Selma Gouveia, falou sobre a Educação Inclusiva no Brasil. “A nossa luta é para que possamos, juntos, reafirmar o nosso compromisso com a educação e a inclusão de todos e todas neste país”, observou Selma.

As Professoras Vanessa e Elisandra, da Sala de Recursos Multifuncionais (SRM), explicaram o projeto de contação de histórias desenvolvido na EMEF. A escola possui duas Salas de Recursos Multifuncionais para realizar atendimentos a 21 crianças e adolescentes com deficiência.

Na sequência, a Sra. Antonia Helena, mãe do estudante Francisco Naylson (Síndrome de Down), do 9º ano, e e a Sra. Quitéria, mãe do estudante Rafael Tentor (Autista), do 5º ano, agradeceram pelo acolhimento e pelo trabalho desenvolvido com os estudantes na unidade.

O Secretário Municipal de Educação (SME), Alexandre Schneider, ressaltou o valor dos esforços para a construção de uma escola cada vez mais inclusiva. “Isso colabora para que nossos estudantes possam ter mais autonomia e entender que a coisa mais rica que a gente pode ter em uma sociedade é a diversidade”, comentou o Secretário.

O Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência (SMPED), Cid Torquatto, abordou os desafios e responsabilidades para a garantia de uma Educação Inclusiva na sociedade. “Só vamos conseguir evoluir na questão da Educação Inclusiva fazendo exercícios de discussão e reflexão sobre este assunto com as pessoas, no dia a dia. Temos que ter essa visão, essa responsabilidade de mostrar cada vez mais para o Brasil inteiro formas de se trabalhar com a Educação Inclusiva”, relatou Torquatto.

O Diretor Regional de Educação da DRE Ipiranga, José Valdir, agradeceu à comunidade escolar pela evolução do trabalho realizado na unidade ao longo dos últimos anos. “Temos orgulho de participar disso, de sentir a emoção de ver gente comprometida, pessoas que estão servindo muito bem a sua comunidade”, observou o Diretor.

O evento prosseguiu com o fala do ex-aluno Matheus, que agradeceu à escola pelo tempo em que estudou na unidade. Após os pronunciamentos, cerca de 30 estudantes dos 6ºs anos realizaram uma apresentação sobre a obra literária Morte e Vida Severina.

Em seguida, houve a apresentação em Libras da música Flor e Beija-flor (Henrique e Juliano) com estudantes do 2ª ano e do Projeto de Violão e Cultura, sob orientação dos Professores Pedro e Aline.

A turma dos 4º anos realizaram uma apresentação de dança chamada “Brincadeira de Menina” (MC Sofia), sob orientação das Professoras Viviane e Érika.

O evento foi finalizado com uma exposição visual com fotos dos trabalhos realizados, poemas e desenhos dos estudantes.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com diversas antenas.

Prefeitura sanciona Lei das Antenas

Publicado em: 13/01/2022 12h07 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia mostra uma mão infantil sendo auxiliada pela mão de um adulto

Bolsas de estágio têm aumento de 30% e SME possui 4 mil vagas para contratação

Publicado em: 12/01/2022 2h50 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de quadra poliesportiva Coberta

Prefeitura de SP anuncia cobertura de 95 quadras poliesportivas na rede municipal

Publicado em: 12/01/2022 11h14 - em Secretaria Municipal de Educação

Apresentação teatral na abertura do Recreio nas Férias.

“Recreio nas Férias” começa nesta segunda-feira com protocolo contra contaminação do Covid

Publicado em: 10/01/2022 2h47 - em Secretaria Municipal de Educação

foto de professora na sala de leitura, dois estudantes olham atentamento para ela. Todos usam máscaras

SME divulga classificação prévia dos interessados na contratação temporária

Publicado em: 07/01/2022 9h47 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

1 2 3 4 1.211