Notícias

EMEBS Helen Keller terá Ensino Médio a partir de 2019

Decisão foi aprovada na última quinta-feira (6) pelo Conselho Municipal de Educação (CME) e passa a valer no começo do ano letivo

Publicado em: 11/12/2018 16h25 | Atualizado em: 30/11/2020

logo_educacao_740_x_430.jpg

De Secretaria Especial de Comunicação

A Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Helen Keller oferecerá a partir do ano que vem Ensino Médio Bilíngue para seus 138 estudantes. A decisão foi aprovada por unanimidade na última quinta-feira (6/12), conforme Parecer 540/18 do Conselho Municipal de Educação (CME), e deve ser publicada no Diário Oficial da Cidade (DOC) desta terça-feira (11).

Segundo a Federação Nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis), a EMEBS Helen Keller é a primeira escola pública bilíngue para surdos a oferecer todas as etapas e modalidade da educação básica, ou seja Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e EJA. A iniciativa é uma reivindicação antiga da comunidade escolar.

O secretário de Educação Alexandre Schneider destaca a importância dessa conquista. “Numa escola bilíngue, com professores formados, e com colegas também surdos, o professor pode trabalhar pedagogicamente a necessidade de cada um desses estudantes”. E, como ferramenta para esse trabalho, ressalta o menor número de estudantes por sala, o professor especializado, que estudou para isso, e um currículo e materiais específicos para o melhor aprendizado. “Essa é a diferença de uma escola bilíngue para uma escola regular que tenha um intérprete ali, na frente da sala de aula”, comemora.

De acordo com a professora Silvana Drago, diretora da Divisão de Educação Especial (DIEE) da Secretaria Municipal de Educação (SME), uma comissão composta por pais, estudantes, representantes da FENEIS e da SME se reuniram durante seis meses para estudar propostas para o atendimento dos estudantes surdos no ensino médio. Após o estudo, concluiu-se pela criação do ensino médio com um projeto piloto na EMEBS Helen Keller.

A escola vai oferecer no início do próximo ano letivo 3 salas de 1º Ano do Ensino Médio, com 15 estudantes cada uma. Os 2ºs e 3ºs anos desta etapa de ensino serão oferecidos na unidade em 2020 e 2021, respectivamente.

Havia entre os estudantes uma queixa muito grande por conta da dificuldade em prosseguir nos estudos, conta a professora Drago. “A medida é uma forma de garantir a continuidade do ensino para surdos com a mesma qualidade já oferecida”, explica.

O Ensino Médio na EMEBS terá os mesmos componentes curriculares do ensino regular, tendo a Libras como primeira língua e a Língua Portuguesa como segunda. O mesmo corpo docente que já atende os estudantes de Ensino Fundamental na EMEBS ministrará os demais componentes.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Equipes dos NAAPAs preparam Diretriz

Equipes dos NAAPAs preparam Diretriz

Publicado em: 21/03/2016 4h29 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

A Gestão Pedagógica para as relações Étnico-Raciais

A Gestão Pedagógica para as relações Étnico-Raciais

Publicado em: 21/03/2016 3h38 - em Diretoria Regional de Educação Butantã

2º Encontro Territoriar 2016

2º Encontro Territoriar 2016

Publicado em: 21/03/2016 3h37 - em Diretoria Regional de Educação São Miguel

Centros Educacionais Unificados (CEU)

Centros Educacionais Unificados (CEU)

Publicado em: 21/03/2016 3h13 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Centros de Educação Infantil (CEI)

Centros de Educação Infantil (CEI)

Publicado em: 21/03/2016 3h03 - em Diretoria Regional de Educação Penha

1 1.308 1.309 1.310 1.311 1.312 1.460