Notícias

Educação étnico-racial na EMEF do CEU Butantã

Bate –papo teve como tema Afro-religiosidade e Educação

Publicado em: 16/11/2017 13h34 | Atualizado em: 30/11/2020

Educacao_etnico_racia_740_x_430.jpg

No sábado, 21 de outubro, durante a reunião pedagógica da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) do Centro Educacional Unificado (CEU) BUTANTÃ, ocorreu a primeira roda de conversa sobre Afro-religiosidade e Educação que contou com a participação da Iyalorixá (sacerdotisa de candomblé) Ominodô de Ologunedé, nome religioso da Auxiliar Técnico de Educação (ATE) Nádia Souza que conversou com os professores, equipes de apoio e gestão sobre o tema: “Como fazer para que desmistifiquemos o tabu da Religiosidade Afro Centrada na Educação?”.

Embasada nas Leis Nº 10.639/03, que torna obrigatório o ensino da história e cultura afro-brasileira e africana nas redes públicas e particulares da educação e Nº 11.645/08, que regulamenta a obrigatoriedade do Ensino da História e Cultura Afro-brasileira e Indígena em todos os níveis de ensino, a Iyalorixá, que também é formada em História, falou sobre as Tradições de Matrizes Africanas e as possibilidades de aprendizado e respeito por uma Educação para a tolerância.

Fora abordadas questões como: “Por que as religiões de matrizes africanas são tão perseguidas?” “Por que as roupas e o jeito de vestir incomodam tanto?” provocando no grupo a reflexão de que as garantias previstas por lei infelizmente são mascaradas, reforçando a realidade de uma estrutura racista. Em sua fala Ominodô enfatizou que descolonizar o currículo é também dar voz às culturas não hegemônicas e o respeito também é um direito de aprendizagem dos alunos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Cowparede - fotografia de esculturas de vacas pintadas por artistas

CEU Paraisópolis recebe exposição CowParade

Publicado em: 25/11/2022 1h01 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de estudante tocando instrumentos de percussão

EMEF Imperatriz Leopoldina forma ritmistas com ‘batucada’

Publicado em: 25/11/2022 10h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Capa do Álbum de Mancala Awelé feito por um estudantes.

Confira o resultado do concurso “Meu Álbum de Mancala Awelé”

Publicado em: 24/11/2022 11h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Viii Jornada Pedagógica
Foto posada com os participantes do Slam da DRE Santo Amaro

5º edição do Slam Nossa Voz reúne professores e estudantes na zona sul de São Paulo

Publicado em: 23/11/2022 3h08 - em Diretoria Regional de Educação Santo Amaro

1 2 3 1.298