Notícias

DRE Santo Amaro conclui encontros do Grupo de Trabalho de Mediação de Conflitos

Iniciativa foi realizada após manifestação dos gestores sobre problemas de conflitos existentes nas Unidades.

Publicado em: 30/03/2017 16h26 | Atualizado em: 30/11/2020

DRE_Santo_Amaro_conclui_encontros_Grupo_Trabalho_Mediacao_Conflitos_740_x_430.jpg

No final do ciclo de 2016, a Diretoria Regional de Educação (DRE) Santo Amaro realizou o último dos quinze encontros realizados entre 2015 e 2016 e que formaram o trabalho do Grupo de Trabalho (GT) de Mediação de Conflitos. A iniciativa foi organizada pela Divisão Pedagógica (DIPED), Núcleo de Apoio e Acompanhamento para a Aprendizagem (NAAPA) e Supervisores Escolares das Unidades que compõem a rede da DRE Santo Amaro.

Segundo Tatiana Cristina Pereira, psicóloga do NAAPA, e Hilda Martins Ferreira Piaulino, supervisora escolar, em relatório, o objetivo do Grupo de Trabalho era assegurar um espaço para troca de práticas e relatos de experiências sobre a temática da mediação de conflitos, buscando caminhos para minimizar os impactos das más relações dentro do contexto escolar.

As integrantes da equipe da DRE Santo Amaro também destacaram, em relatório, a importância do trabalho em grupo. “É uma reflexão conjunta na busca de caminhos possíveis e do entendimento dos problemas e conflitos cotidianos existentes nas escolas, já que não se tem uma resposta única para questões tão complexas”, comentam.

Para discutir a temática, foram marcados encontros mensais. No primeiro encontro, dividido em três polos regionais dentro da área compreendida pela DRE, foi a vez dos Gestores exporem seus anseios e dúvidas, além de analisar e aprovar a ideia do espaço para troca de práticas e relatos. “A disponibilidade, o envolvimento e a generosidade com que os gestores acolheram a possibilidade do Grupo de Trabalho foi um diferencial considerado importante e que alavancou os demais encontros”, observam a psicóloga e a supervisora.

Os primeiros encontros tiveram como foco a escuta dos gestores, por meio de questionamentos pertinentes ao contexto escolar. Após isso, os gestores relataram os tipos de conflitos que mais vivenciam no âmbito escolar, desde a divergência de opiniões, bullying até problemas com redes sociais, vandalismo e agressões físicas, verbais e psicológicas. A partir do quarto encontro, foram apresentadas a tabulação dos tipos de conflitos e observou-se que eles são semelhantes entre as escolas, mas únicos quando levados em conta o território, a cultura e as relações com a comunidade.

Segundo Tatiana e Hilda, o resultado do Grupo de Trabalho de Mediação de Conflitos permitiu uma mudança de paradigma e um maior investimento na mediação de conflitos por parte dos Gestores das Unidades, junto com a equipe da DRE Santo Amaro, e definiu como premissa: “conflitos não mediados geram violência”.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de professor escrevendo em lousa escolar

Prefeitura de SP abre cadastro para professores de Educação Infantil, Fundamental e Médio

Publicado em: 29/11/2021 5h38 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra um celular sendo segurado por uma pessoa e outra mostrando um cubo ao fundo. Abaixo, um fundo verde e bege com o texto

SME realiza 2ª Semana de Tecnologias com palestras e oficinas

Publicado em: 29/11/2021 4h44 - em SME/NTC/NEER

Banner Dezembro Migrante

Dezembro Migrante contará com lives formativas para educadores

Publicado em: 29/11/2021 2h43 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia da cantora Monica Salmaso usando chapéu de caipira

Estudantes e educadores são convidados a participar de workshop online com a cantora Mônica Salmaso

Publicado em: 29/11/2021 11h59 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra três meninos brincando em um brinquedo inflável e sendo molhados por um jato de água.
1 2 3 1.210