Notícias

DRE Guaianases promove encontro da Comissão de Mediação de Conflitos

Primeiro encontro do ano contou com a participação de professores, estudantes e famílias

Publicado em: 25/04/2018 9h29 | Atualizado em: 30/11/2020

mediacao_de_conflitos_740_x_430.jpg

Na terça-feira, dia 17 de abril, no teatro do Centro Educacional Unificado (CEU) Água Azul, aconteceu o 1º Encontro de 2018 da Comissão de Mediação de Conflitos (CMC) da Diretoria Regional de Educação (DRE) Guaianases.

A reunião contou com a presença de diversos membros de comissões, entre eles servidores das Unidades Educacionais do território, familiares e estudantes. O objetivo foi dar suporte aos novos representantes e planejar as próximas ações ao longo do ano.

A implementação das comissões nas Unidades Educacionais (UEs) é disposta em conformidade com o Decreto nº 56.560, de 28 de outubro de 2015 e regulamentada pela Portaria nº 2.974, de 12 de abril de 2016. A formação e o acompanhamento das equipes são feitos pelas equipes da DRE: Divisão dos Centros Educacionais Unificados e da Educação Integral (DICEU), Núcleo de Apoio e Acompanhamento para Aprendizagem (NAAPA), Divisão Pedagógica (DIPED) e Supervisão Escolar.

Para a mediação do encontro, estiveram presentes Celinha Nascimento, formadora do Instituto Vladimir Herzog e Tatiana Pereira, membro da equipe da Divisão de Gestão Democrática e Programas Intersecretariais da Coordenadoria dos Centros Educacionais Unificados e da Educação Integral da Secretaria Municipal de Educação (SME – COCEU/DGP).

Entre os temas abordados, destacaram-se a importância da formação continuada para todos os membros, o fortalecimento das comissões na região e a necessidade de construção coletiva.

Celinha salientou problemas recorrentes no ambiente escolar e o foco que as comissões devem ter para que seja possível cuidar dessas situações. “O que aparece é a ponta do iceberg. O problema está lá embaixo. É isso que a gente media”, afirmou.

Para Ana Lúcia de Souza, diretora da DICEU, “a Educação em Direitos Humanos é essencial para a formação de uma cultura de paz. É necessário oportunizar à comunidade escolar a possibilidade de conversar e discutir conteúdos curriculares que possam promover avanços na formação de cidadãos éticos, responsáveis e solidários a garantir uma sociedade pautada em atitudes e valores democráticos.”

Clique aqui para ver algumas fotos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso
Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra parte do corpo de duas pessoas. Uma está de camiseta cinza e segura em sua mão um termômetro apontado para o pulso da outra.

Programa “POT Volta às Aulas” da SME ganha prêmio do Tribunal de Contas de SP

Publicado em: 02/12/2021 4h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com mapa da cidade e meninas e meninos segurando equipamentos de comunicação como câmeras fotográficas, celulares e microfones.

Evento celebra 20 anos de Educomunicação na Rede Municipal de São Paulo

Publicado em: 02/12/2021 4h08 - em Secretaria Municipal de Educação

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212