Notícias

Dois projetos premiados da SME fazem parte do documentário “Educação Presente para o Futuro”

Imprensa Jovem e projeto ‘Robótica com Sucata’ estão no filme; assista a produção audiovisual 

Publicado em: 19/05/2022 11h57 | Atualizado em: 20/05/2022

Arte com a capa do documentário ‘Educação Presente para o Futuro’.

Dois premiados projetos da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo estão entre as iniciativas exibidas no documentário “Educação Presente para o Futuro”, com direção da jornalista Patrícia Travassos, produzido pela Prosa Press, que trata sobre Educação e Tecnologia. O Programa ‘Agência de Notícias – Imprensa Jovem’, do Núcleo de Educomunicação, criado e coordenado pelo professor Carlos Lima e o projeto ‘Robótica com Sucata’, desenvolvido pela professora Débora Garofalo.

O conteúdo do audiovisual traz uma reflexão sobre o impacto da tecnologia na educação sob o ponto de vista dos estudantes, com exemplos de boas práticas de escolas e ativistas jovens de todo país e servem para inspirar todas as pessoas envolvidas com Educação. A tecnologia nas escolas e no ensino é capaz de potencializar o ativismo e a capacidade de transformar o presente em um futuro mais diverso, mais responsável e mais justo.

O filme com mais de 1 hora de duração mostra que a conexão, capaz de reduzir a evasão escolar e aumentar o prazer no aprendizado, se dá entre a sala de aula e os desafios do seu entorno, qualquer que seja a realidade onde ela está inserida. A pré-estreia do filme aconteceu dia 10 de maio, na Bett Brasil 2022, o maior evento de educação e tecnologia da América Latina.

“Mostrar o potencial dos estudantes na produção de conteúdo para a comunidade como um todo, e não apenas para a escola, é o potencial das produções do Imprensa Jovem. Estamos trazendo um alento para muita comunidade no Brasil onde a escola precisa se conectar com sua comunidade por meio das mídias, dos meio de comunicação. O estudante cria o conteúdo e faz o estreitamento entre escola e comunidade”, comenta Carlos Lima.

Para o professor Bruno Ferreira, responsável pela Agência de Notícias Imprensa Jovem – ‘Henfilmes’, da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Henrique Souza Filho, o filme além de ser um importante registro histórico é também um ótimo material para formação de professores. “Apresenta diversas formas de se fazer educação nesse universo tão repleto de possibilidades tecnológicas, mostrando como essas ferramentas podem potencializar o processo de ensino e aprendizagem e ainda contribuir para formação de estudantes mais críticos e engajados nas soluções dos problemas atuais”, disse Bruno, que participou do documentário.

A estudante Julia Fernandes também participou da produção audiovisual, e contou que é fundamental que a população tenha ciência da relevância educacional e democrática em meio à sociedade. “No documentário, é possível analisar que a educação segue sendo a definição assertiva do progresso – uma vez que reduz a desigualdade, a criminalidade, os impactos ambientais e ignorância geral. Diante da minha participação em ‘Educação Presente para o Futuro’, só reforço o maior princípio da revolução estudantil através de uma das minhas falas: ‘nós não somos a geração futura, nós somos o agora’”.

Para a jornalista e diretora do filme, Patrícia Travassos, não adianta falar de tecnologia sem buscar uma conexão com a realidade. “Os equipamentos eletrônicos servem para potencializar as habilidades dos alunos e, por isso, são eles que devem estar no centro do processo. Não foi à toa que escolhemos os estudantes como protagonistas do nosso filme”.

Clique aqui para ver a íntegra do documentário “Educação Presente para o Futuro”.

Imprensa Jovem

O Programa Imprensa Jovem contribui com o trabalho dos professores e a formação dos estudantes das escolas públicas municipais com atividades curriculares e fora da grade curricular sobre educação a distância e o uso da mídia no ensino, além de promover o direito à comunicação livre, democrática e responsável no ambiente escolar.

O programa faz parte das ações do Núcleo de Educomunicação. Participam do projeto estudantes e professores desde a Educação Infantil, passando pelo Ensino Fundamental, Ensino Médio, até a Educação de Jovens e Adultos; com um atendimento especial nos Centros de Educação e Cultura Indígena.

Robótica com sucata

O projeto ‘Robótica com Sucata’ foi estruturado para transformar a dos estudantes da periferia de São Paulo e traz ao palco a construção de protótipos reciclados do lixo retirado das ruas, como forma de mediar a construção de conhecimento de conteúdos curriculares, e de robótica, trazendo a aprendizagem criativa para a sala de aula e atuando na transformação da vida de 2000 estudantes da rede pública, que participam ou já participaram do projeto. O trabalho é organizado para mobilizar uma prática pedagógica, que incentive a aprendizagem do aluno pela sua criatividade e o estimula a experimentação de ideias e exploração de pesquisas para propor soluções locais à comunidade. Uma dessas soluções que se destaca é a reciclagem feita pela coleta de lixos que dão origem à construção de protótipos.

Leia algumas matérias sobre os projetos:

Projeto da Rede Municipal de Ensino recebe premiação da UNESCO

Robótica com sucata, promovendo a sustentabilidade

Rede Municipal de Ensino tem dois projetos selecionados pelo Desafio Aprendizagem Criativa Brasil 2019

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Uniceu

Quatro polos da Rede UniCEU estão com inscrições abertas para especialização gratuita

Publicado em: 01/12/2022 2h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotofrafia de uma pessoa com jaleco branco segurando uma escova de dentes gigantes e conversando com uma criança e duas pessoas adultas ao lado dela. Todos estão sorrindo e sentados à mesa que também possui uma dentadura gigante sobre ela.

Secretarias da Saúde e da Educação oficializam Programa Saúde na Escola

Publicado em: 01/12/2022 1h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma mão fazendo o sinal de libras seguida da palavra LIBRAS

SME abre credenciamento para instrutores, intérpretes e guias-intérpretes de Libras/Língua Portuguesa

Publicado em: 30/11/2022 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

SAEL 50 Anos

SME celebra os 50 anos das Salas de Leitura nas escolas municipais

Publicado em: 29/11/2022 6h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes surdos fazem filmagens utilizando câmera filmadora - Cinema

Alunos surdos da EMEF Candida Dora Pino Pretini produzem curta-metragem

Publicado em: 29/11/2022 4h41 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.301