Notícias

Diário de Bordo – Viagem ao Senegal

Acompanhe as atividades das vencedoras do Prêmio Educação Além do Prato

Publicado em: 08/07/2016 14h13 | Atualizado em: 30/11/2020

viagem_senegal_740_x_430.jpg

Entre 8 e 12 de junho, a professora Sonia Maria Maruso Ribeiro e a merendeira Maria Aparecida Gomes Martins, que atuam na EMEI Recanto Campo Belo – Profª Dirce Zilles G. Borges dos Santos (Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro) e a coordenadora pedagógica Vivian Brandão Polli e a merendeira Claudia de Jesus Silva, que trabalham no CEI Conveniado Penha Bom Jesus (Diretoria Regional de Educação Penha). visitaram Dacar, capital do Senegal. Elas acompanharam uma missão técnica do Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA)/ (WFP) – Centre of Excellence against Hunger.

A viagem foi resultado do prêmio recebido pelo primeiro lugar no concurso “Educação Além do Prato”.

Durante a viagem, elas tiveram a oportunidade de trocar experiências sobre o Programa de Alimentação Escolar desenvolvido na cidade de São Paulo com representantes de Ministérios da Educação de 27 países africanos.

Acompanhe, abaixo, as atividades das vencedoras do Prêmio Educação Além do Prato no Senegal.

Terça, 9 de junho

Informações enviadas pelo Centro de Excelência contra a Fome do Programa Mundial de Alimentos da ONU (PMA)/ (WFP) – Centre of Excellence against Hunger

Acompanhando uma missão do Centro de Excelência do PMA, as vencedoras do Prêmio Educação Além do Prato visitaram na terça-feira (9 de junho) uma das escolas mais antigas do Senegal.

viagem_senegal_V_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha 

Elas conheceram a escola primária de Oudiour, apoiada pelo PMA. A escola fica localizada a cerca de 160 km de Dakar, no Departamento de Gossas, Região de Fatick.

viagem_senegal_IV_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

A escola primária de Oudiour, é apoiada pelo PMA e possui 184 alunos matriculados em 5 classes, que tem de 7 a 12 anos. A escola esta entre as mais antigas no Senegal; foi fundada em 1962.

viagem_senegal_III_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

A alimentação escolar no Senegal conta com a contribuição de mães (chamadas em francês de “les femmes mammans”), que se revezam para preparar as duas refeições servidas (lanche e almoço) todos os dias da semana.

viagem_senegal_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

A visita das merendeiras e professoras de São Paulo permitiu uma troca muito rica entre os professores e merendeiras de SP e de Oudiour.

As educadoras e professoras brasileiras foram calorosamente recebidos por todos os alunos da escola, e acompanharam a hora do lanche – uma mistura de painço com amendoim. Em seguida, tiveram uma reunião com a direção da escola e o Comitê de Pais de Alunos.

viagem_senegal_II_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

Os representantes da Rede Municipal de Ensino de São Paulo compartilharam um breve histórico da evolução da alimentação escolar na cidade, ressaltando que também já receberam auxílio do PMA e que os avanços foram parte de um processo que durou décadas. As vencedoras do prêmio compartilharam alguns dos desafios na promoção da alimentação saudável nas escolas, especificamente sobre a criação da horta no EMEI Recanto Campo Belo, que começou a partir da ideia e determinação da Professora Sônia.

Quarta, 10 de junho

A diretora do Departamento de Alimentação Escolar, Erika Fischer, fez uma apresentação para os participantes do workshop regional em alimentação escolar, organizado pelo WFP Centre of Excellence against Hunger.

senegal_I_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

Erika contou detalhes do programa de alimentação escolar brasileiro e suas colegas merendeiras falaram sobre como são as refeições nas escolas no Brasil e os projetos que ganharam o prêmio Educação Além do Prato.

senegal_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Mariana Rocha

Quinta, 11 de junho

senegal_dae_III_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Erika Oliveira

Na quinta-feira, os participantes foram divididos em grupos de trabalho para discutir os desafios para a transição para programas nacionais e sua sustentabilidade. A partir dessas discussões, o Escritório Regional do PMA e o Centro de Excelência identificaram como podem apoiar os governos na superação desses desafios.


senegal_dae_VI_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/Erika Oliveira

Ainda na quinta-feira, a equipe das merendeiras e educadoras de São Paulo e o diretor do Centro de Excelência, Daniel Balaban, visitaram a embaixada do Brasil em Dacar. O grupo foi recebido pelo oficial de chancelaria André Magalhães.


senegal_dae_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/ Mariana Rocha

Sexta, 12 de junho

senegal_dae_IV_740_x_430.jpg
Crédito: WFP/ Mariana Rocha

Na sexta, educadoras e merendeiras tiveram a oportunidade de participar, como ouvintes, do evento de criação da primeira Rede Francófona de Alimentação Escolar


Boletim semanal do PMA
– Clique aqui e acesse o boletim semanal do PMA, com mais informações sobre a viagem das educadoras e merendeiras da Rede Municipal de Ensino ao Senegal

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.212