Notícias

Diário de Bordo – Missão Brasília

Acompanhe as atividades das professoras e merendeiras segundo colocadas no Prêmio Educação Além do Prato

Publicado em: 04/07/2016 13h05 | Atualizado em: 30/11/2020

diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Carolina Montenegro

Fonte: WFP – Centre of Excellence Against Hunger

4 de agosto

Professoras e merendeiras vencedoras do Prêmio Educação Além do Prato deram hoje uma aula especial para uma delegação do Camboja, que está no Brasil de 3 a 7 de agosto em visita de estudo organizada pelo
WFP Centre of Excellence against Hunger

O tema: o poder da alimentação escolar além do prato. As vencedoras fizeram apresentações contando como mobilizaram seus alunos, comunidades, merendeiras e professores para promover hábitos alimentares mais saudáveis.

“Todo mundo gostou da ideia do Prêmio porque ia valorizar as merendeiras e se ganhássemos também poderíamos melhorar nossa escola”, conta Rosana Batista, diretora da Escola CEI Missionária Dorothy Stang, em São Paulo.

Nessa escola, foi a torta da merendeira Maria de Fátima Brotas que venceu o segundo lugar do Prêmio, organizado em 2014 pela Prefeitura de São Paulo, com apoio do Centro de Excelência contra a Fome.

“Comecei a fazer testes e de repente me deu o estalo de usar o biscoito integral”, conta ela. Maria de Fátima juntou o biscoito integral, que as crianças resistiam a comer, com banana, suco de laranja e um pouco de margarina e açúcar. A receita foi um sucesso na escola, que oferece cinco refeições diárias aos 106 alunos matriculados.

Também foram realizadas com as crianças atividades de culinária e degustação, além de visitas a hortas e plantações e ateliês de “contação de histórias”, onde a Cuca e o Saci davam dicas de boa alimentação.

Além de Rosana e Maria de Fátima, a diretora do Departamento de Alimentação Escolar, Erika Fischer, a professora Marister Moraes e a merendeira Herlândia dos Santos, do CEU EMEF Alto Alegre, também acompanham a visita da delegação do Camboja a Brasília para trocar experiências sobre alimentação escolar e combate à fome.

06_diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Carolina Montenegro

Rosana Batista (esq.), diretora da Escola CEI Missionária Dorothy Stang e Maria de Fátima Brotas, merendeira da escola, contaram à delegação do Camboja sobre sua receita para vencer o Prêmio Educação Além do Prato.

07_diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Carolina Montenegro

Após a apresentação, as professoras e merendeiras presentearam a delegação do Camboja com lembranças e livros infantis sobre o Brasil.

08_diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Carolina Montenegro

“Usamos o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde, como referência”, afirmou Erika Fischer durante apresentação em Brasília sobre o programa de Alimentação Escolar da Prefeitura de São Paulo, que fornece diariamente 1.980.500 refeições a estudantes de milhares de escolas da cidade.

03_diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Carolina Montenegro

A professora Marister Moraes e a merendeira Herlândia dos Santos, do CEU EMEF Alto Alegre, também fizeram apresentação contando a história por trás de sua receita vencedora do Prêmio Educação Além do Prato.

04_diario_de_bordo.jpg
Crédito: WFP/ Isadora Ferreira

Erika Fischer, diretora do DAE, e Daniel Balaban, diretor do Centro de Excelência contra a Fome.

5 de agosto

1_meio_noticia_740_x_430_.jpg
Crédito: WFP/Carolina Montenegro

A delegação do Camboja e as representantes da SME fizeram uma visita de campo nos arredores de Brasília para conhecer mais de perto os programas brasileiros de combate à fome e alimentação escolar desenvolvidos na região.

2_meio_noticia_740_x_430_.jpg
Crédito: WFP/Carolina Montenegro

Em Rio Preto, eles conheceram uma plantação de agricultores familiares e depois em Sobradinho almoçaram em um restaurante comunitário e visitaram um Centro de Educação Infantil.

3_meio_noticia_740_x_430_.jpg
Crédito: WFP/Carolina Montenegro



Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Imagem com fundo azul, três faixas no canto esquerdo nas cores rosa, azul e verde, no centro está escrito IV EducaPenha.

DRE Penha realiza IV EducaPenha

Publicado em: 21/09/2022 6h59 - em Diretoria Regional de Educação Penha

Fotografia mostra pessoas sentadas em cadeiras de auditório. Elas estão olhando para frente, para o palco, onde há um homem de pé, segurando um microfone, que está falando enquanto olha para uma apresentação de slide, onde se lê: “Será que eu fiz certo?” na cor vermelha. Abaixo contém o texto: “Na dúvida, pergunte, consulte os colegas, os estudantes. Estude, retome a teoria. Refaça, volte ao começo. E faça outra vez. A prática é fundamental para o desenvolvimento, evolução”, que está escrito na cor preta.
1 2 3 1.283