Notícias

Crianças de CEI participam da Imprensa Jovenzinha

Ação do Programa Imprensa Jovem estimula autonomia e interação com os pequenos

Publicado em: 21/12/2023 11h11 | Atualizado em: 21/12/2023
Uma menina pequena de camiseta laranja e shorts rosa com um celular na mão

As crianças do mini grupo 2 do CEI Jardim Reimberg, da DRE Capela do Socorro, participam da “Imprensa Jovenzinha”, ação do Programa Imprensa Jovem – Agência de Notícia na Escola. Toda a turma se envolve nas ações, tirando fotos e fazendo entrevistas.

O projeto começou na unidade efetivamente em 2018, quando uma criança observou um terreno baldio ao lado do CEI e questionou a possibilidade de se tornar um parque. A educadora Claudia Santos encorajou o pequeno a tirar fotos, montar um “documento” e levá-lo à diretora.

Este espaço não se tornou um parque, mas, com as ações que foram realizadas diante desse questionamento, Claudia resolveu implementar o Programa Imprensa Jovem na unidade, intitulando “Imprensa Jovenzinha” e adaptando para a idade das crianças participantes.

“Desde o começo do ano eu já usava câmera com as crianças para registros internos. Em junho a criança reparou no terreno e começamos o projeto com duas turmas de mini grupo II. O projeto acontece durante a rotina, no dia a dia, todos eles se envolvem e tudo é feito respeitando o momento de cada um”, disse a professora Claudia.

Nestes últimos 5 anos, Claudia desenvolve o projeto com as turmas do mini grupo II que frequentam a unidade. Desde 2015  a educadora usa a educomunicação como ferramenta pedagógica; mas efetivamente, dentro do Programa Imprensa Jovem, desde 2018. Como há rotatividade das crianças, a cada ano as ações reiniciam e fluem de acordo com o perfil dos pequenos. Atualmente, participam 48 crianças, entre 3 e 4 anos, de duas turmas do mini grupo II.

No começo deste ano, ela levou tablets e câmeras para a sala de referência, a fim de apresentar à turma os equipamentos. Foram feitas ações para estimular questões como autonomia e identidade. “Comecei falando para tirarem fotos dos amigos, dos brinquedos favoritos, para eles se conhecerem e se adaptarem aos aparelhos, tudo é feito de forma lúdica”, falou a professora.

Em seguida, as crianças começaram a tirar fotos dos espaços do CEI, de outras turmas, para enfim começarem a registrar os eventos, tanto internos quanto externos. Nestes momentos, a educadora conversa com elas sobre como será e pergunta quem quer ir fazer a cobertura, os que não querem ficam na unidade.

Os pequenos tiram fotos, fazem vídeos, entrevistas e acompanham eventos. Com as vivências da Imprensa Jovenzinha, eles ganharam mais autonomia, passaram a interagir mais e perdem um pouco da timidez. A professora contou que algumas crianças que no começo do ano não queriam ir para os eventos, agora pedem para sair e fazer os registros.

“Eles são estimulados na questão da oralidade, autonomia. Eles já nascem no mundo das telas. Percebi lá em 2015 a necessidade de inserir as mídias no CEI. Eles são consumidores de conteúdo e tem histórias para contar”, finalizou.

Turmas anteriores do projeto gravaram ainda episódios de podcast, o AconteCEI, clique aqui para ouvir.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 4 5 1.441