Notícias

Banda Música do Silêncio encerra Setembro Azul na EMEBS Madre Lucie Bray

Apresentação realizada para estudantes da EMEF Lourenço Filho

Publicado em: 09/10/2018 15h40 | Atualizado em: 30/11/2020

musica_silencio_740x430.jpg

Para a finalização do Setembro Azul 2018, a Escola Municipal de Educação Bilíngue para Surdos (EMEBS) Madre Lucie Bray promoveu uma apresentação, no dia 25 de setembro, da Banda do Silêncio para os estudantes do Fundamental I da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Lourenço Filho.

A banda é composta por 20 estudantes surdos da própria EMEBS e 20 ouvintes da Escola Municipal de Educação Fundamental (EMEF) Octavio Pereira Lopes, ambas as unidades da Diretoria Regional de Educação (DRE) Jaçanã/Tremembé.

O evento contou com a apresentação de trechos da 9ª Sinfonia de Beethoven, “Asa Branca” de Luiz Gonzaga e “Superfantástico” da Turma do Balão Mágico.

Sobre a banda – Com o professor de música Vinicius Souza Patrício, os estudantes desenvolvem, além das atividades com os instrumentos, a importância do trabalho em grupo. “A proposta é promover a integração entre ouvintes e surdos. A música é importante, mas é um complemento daquilo que eles desenvolvem nas aulas e nas apresentações”, diz o professor Vinicius Souza.

A atividade incentiva o desenvolvimento dos estudantes com a prática de instrumentos de percussão e sopro como vibrafone, escaleta, bateria, bumbo, entre outros. O professor também ressalta que o grupo da banda é composto por alunos dedicados e esforçados, que buscam, independente das suas limitações físicas, fazer o melhor dentro do proposto.

Como resultado, os próprios alunos afirmam que evoluíram tanto dentro da banda como também nas outras atividades da grade curricular. “Comecei a me desenvolver muito mais depois que entrei pra banda. Foi uma melhora muito visível para mim, para os meus amigos e família”, diz o estudante Renato de Oliveira Moitinho, da EMEBS Madre Lucie Bray, 8º ano, participante da banda desde 2012.

A estudante Amanda Fernandes Pinheiro, do 9º ano da EMEBS Madre Lucie Bray, enfatiza que a banda proporciona um maior compartilhamento de experiências entre ouvintes e surdos. O aluno Kawan Wallace, do 7º ano da EMEF Octavio Pereira Lopes, concorda. “Fazer essa troca e aprender diariamente é algo muito bom!”, diz Kawan.

Setembro Azul – Durante o mês de setembro, a EMEBS promoveu uma série de atividades inclusivas com os seus estudantes. A ideia foi aproveitar o Setembro Azul para conscientizar a comunidade escolar sobre a importância da inclusão social das pessoas com deficiência.

Confira a galeria clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de uma mão fazendo o sinal de libras seguida da palavra LIBRAS

SME abre credenciamento para instrutores, intérpretes e guias-intérpretes de Libras/Língua Portuguesa

Publicado em: 30/11/2022 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

SAEL 50 Anos

SME celebra os 50 anos das Salas de Leitura nas escolas municipais

Publicado em: 29/11/2022 6h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes surdos fazem filmagens utilizando câmera filmadora - Cinema

Alunos surdos da EMEF Candida Dora Pino Pretini produzem curta-metragem

Publicado em: 29/11/2022 4h41 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner do Festival De Mancala

SME promove festival de jogo de origem africana que reúne mais de mil estudantes e educadores

Publicado em: 29/11/2022 3h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.299