Notícias

Ary Combate o Preconceito

Projeto desenvolvido na EMEF Almirante Ary Parreiras utiliza tecnologias contra a discriminação

Publicado em: 10/06/2016 11h54 | Atualizado em: 30/11/2020

No sábado, 14 de maio, foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Ary Parreiras, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Santo Amaro, a apresentação do projeto “Ary Combate o Preconceito”.

O projeto, desenvolvido pela Professora Orientadora de Informática Educativa (POIE) Débora Denise Dias Garofalo, surgiu após uma problematização trazida na primeira reunião de Pais e Mestres do ano letivo de 2016 sobre intolerância e preconceito motivados por questões raciais e condições físicas.

O projeto foi realizado com o objetivo de combater o preconceito, oportunizando e possibilitando aos alunos por meio de pesquisas, observações e relatos, abordar as questões sociais e culturais e realizar a produção de trabalhos que desmistificassem o assunto utilizando tecnologias a serviço da educação.

“Nas rodas de conversas, pensamos nas ações e estratégias de combate ao preconceito, tornando os alunos autorais e protagonistas, produzindo/confeccionando uma árvore contra o preconceito onde seus frutos fossem mensagens (bilhetes) de combate”, conta a Professora Débora. Também foram produzidas, de forma coletiva, músicas, animações e um remédio batizado como “Precomol anti-inflamatório contra o preconceito”.

Com uma caixa personalizada, as pílulas do remédio foram feitas com confetes de chocolate, embrulhados com um papel contendo a mensagem “Diga não ao preconceito”. Também foi elaborada uma bula com as orientações de uso. A caixa de remédio e a bula foram inspirados no trabalho “‘Bullying – Respeite as diferenças!”, desenvolvido pela professora Deyse Silva Sobrinho na EMEF José Bonifácio em 2011.  

“Todo o trabalho foi realizado por meio de programas como Windows Movie Maker, Audacity e Pivot Animation, o que enriqueceu e inovou o projeto”, explica Débora. “A ação foi mostrada a todos os alunos, professores, equipe gestora e pais, envolvendo a comunidade escolar e a família para que as ações refletissem em toda a escola e fossem além dela, transformando as ações pessoais e colaborando para uma sociedade mais tolerante e respeitosa”, finaliza a POIE.

Veja mais imagens e assista ao vídeo produzido pelos alunos clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia mostra a visão aérea do CEMEI Professor Dalmo De Abreu Dallari.
Estante de livros.

SME divulga nome dos autores selecionados para Antologia de Contos e Antologia Poética 

Publicado em: 28/02/2024 1h32 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de grupo de jovens em participação de uma reunião

SME incentiva que estudantes, familiares e profissionais façam parte das instâncias de participação

Publicado em: 27/02/2024 12h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de cinco estudantes com a camiseta laranja do Imprensa Jovem. Três estudantes estão sentados em bancos altos em frente a uma estante de livros e a menina que está no meio segura um microfone e um celular. Todos olham para o celular. Em primeiro plano, de costas para o ângulo da fotografia, um menino manuseia o tripé em que está a câmera e o celular, atrás de sua camiseta laranja está escrito em preto Imprensa Jovem. Em frente a ele, e também de costas para o ângulo da foto, há mais uma estudante.
Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

1 2 3 1.427