Notícias

Ary Combate o Preconceito

Projeto desenvolvido na EMEF Almirante Ary Parreiras utiliza tecnologias contra a discriminação

Publicado em: 10/06/2016 11h54 | Atualizado em: 30/11/2020

No sábado, 14 de maio, foi realizada na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Almirante Ary Parreiras, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Santo Amaro, a apresentação do projeto “Ary Combate o Preconceito”.

O projeto, desenvolvido pela Professora Orientadora de Informática Educativa (POIE) Débora Denise Dias Garofalo, surgiu após uma problematização trazida na primeira reunião de Pais e Mestres do ano letivo de 2016 sobre intolerância e preconceito motivados por questões raciais e condições físicas.

O projeto foi realizado com o objetivo de combater o preconceito, oportunizando e possibilitando aos alunos por meio de pesquisas, observações e relatos, abordar as questões sociais e culturais e realizar a produção de trabalhos que desmistificassem o assunto utilizando tecnologias a serviço da educação.

“Nas rodas de conversas, pensamos nas ações e estratégias de combate ao preconceito, tornando os alunos autorais e protagonistas, produzindo/confeccionando uma árvore contra o preconceito onde seus frutos fossem mensagens (bilhetes) de combate”, conta a Professora Débora. Também foram produzidas, de forma coletiva, músicas, animações e um remédio batizado como “Precomol anti-inflamatório contra o preconceito”.

Com uma caixa personalizada, as pílulas do remédio foram feitas com confetes de chocolate, embrulhados com um papel contendo a mensagem “Diga não ao preconceito”. Também foi elaborada uma bula com as orientações de uso. A caixa de remédio e a bula foram inspirados no trabalho “‘Bullying – Respeite as diferenças!”, desenvolvido pela professora Deyse Silva Sobrinho na EMEF José Bonifácio em 2011.  

“Todo o trabalho foi realizado por meio de programas como Windows Movie Maker, Audacity e Pivot Animation, o que enriqueceu e inovou o projeto”, explica Débora. “A ação foi mostrada a todos os alunos, professores, equipe gestora e pais, envolvendo a comunidade escolar e a família para que as ações refletissem em toda a escola e fossem além dela, transformando as ações pessoais e colaborando para uma sociedade mais tolerante e respeitosa”, finaliza a POIE.

Veja mais imagens e assista ao vídeo produzido pelos alunos clicando aqui.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212