Notícias

Alunos da Rede Municipal apresentam curtas sobre Inclusão no Cine Olido

Mostra “Inclusão na tela: o olhar dos estudantes” exibe vídeos que abordam a convivência com pessoas com deficiência.

Publicado em: 02/12/2016 15h42 | Atualizado em: 30/11/2020
convivencia_pessoas_deficiencia_740_x_430.jpg

Alunos integrantes das equipes do Imprensa Jovem de oito escolas da Rede Municipal de Ensino participaram na manhã desta quinta, 24 de novembro, no Cine Olido, da mostra “Inclusão na tela: o olhar dos estudantes”, na qual foram exibidos vídeos produzidos pelos estudantes.

A mostra é fruto de uma parceria realizada entre a Secretaria Municipal de Educação (SME) e a Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida (SMPED) que teve por objetivo estimular o diálogo sobre a inclusão da pessoa com deficiência dentro das escolas.

A SMPED convidou as equipes da Imprensa Jovem a produzir os vídeos exibidos e, para chegar à produção final, tiveram que desenvolver roteiros, gravar depoimentos, contar histórias e construir narrativas baseadas em fatos reais ou não, sempre relacionadas com suas vivências no ambiente escolar.

Para Carlos Lima, Coordenador do Núcleo de Educomunicação da SME, a proposta aproximou os projetos educomunicativos à temática da inclusão. O coordenador lembra que não é a primeira vez que o Imprensa Jovem desenvolveu uma parceria com a Secretaria da Pessoa com Deficiência. Em 2012, 28 grupos de Imprensa Jovem realizaram a cobertura das Paralimpíadas Escolares. (Veja as matérias produzidas clicando aqui).

Para a elaboração dos vídeos, as equipes de Imprensa Jovem contaram com a assessoria de Diogo Noventa, formador do Núcleo de Educomunicação, além do apoio de seus professores. “Fazer os vídeos só acelerou mais um processo que já se iniciou nas escolas. É interessantíssimo ver como, quando criamos o diálogo, transformamos o todo. Foi uma conversa realmente de muitos aprendizados para todos os envolvidos”, destacou Diogo.

A equipe da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Leonor Mendes de Barros, por exemplo, desenvolveu um vídeo com várias entrevistas realizadas com alunos com deficiência da unidade, onde falam sobre seus sonhos e brincadeiras preferidas. Já os alunos da EMEF Laerte Ramos produziram uma entrevista com o professor de Matemática Renan Rodrigues de Souza, que tem paralisia cerebral. “O preconceito deixa marcas. Hoje, em sala de aula, eu tento fazer diferente. Eu não deixo de olhar nos olhos dos alunos. Eu percebo todos em sala de aula. Essa relação é fundamental”, relatou o professor no vídeo.

Além da apresentação do vídeo, foi realizado um debate que contou com a presença de Jairo Marques, jornalista da Folha de São Paulo, e de Diogo Noventa.

Os jovens presentes no evento destacaram a alegria em ver suas produções na tela do cinema e falaram sobre os diversos aprendizados no processo de elaboração dos vídeos, acabando com preconceitos existentes e fomentando muita admiração pelas histórias de vida dos diversos alunos que foram os personagens principais. Lembraram também que buscaram retratar, em seus vídeos, não só as dificuldades vivenciadas diariamente pelas pessoas com deficiência, mais o quão especiais, inteligentes e felizes elas são em seu dia-a-dia.

Jairo Marques destacou a qualidade das produções, não só pela técnica, mas pela delicadeza, cuidado e respeito com que as histórias foram contadas. Em sua fala, destacou que o encontro foi um momento muito especial e único em sua vida e lembrou, também, da necessidade da sociedade encarar as diferenças com um abraço mais cordial. Já o professor Renan Rodrigues ressaltou a felicidade em poder trabalhar numa rede de ensino que acolhe, inclui e respeita as diferenças. “Queria voltar a ser estudante, como vocês, para poder viver esse momento que estão vivendo”, disse o educador aos estudantes presentes.

Para o Secretário Adjunto Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Dudu Braga, um dos idealizadores da ação, “o olhar dos jovens é verdadeiro, sensível e mostra que a inclusão tem seu espaço”. Já a Secretária Municipal da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, Marianne Pinotti, comentou sobre a sutileza apresentada nos trabalhos. “Esses vídeos mostraram uma sensibilidade e riqueza na forma que os jovens estão compreendendo a inclusão das pessoas com deficiência e as diferenças. É lindo de ver!”, destacou Marianne.

Conheça as equipes e suas produções
EMEF Duque de Caxias
Saudade de lá – Trata da inclusão a partir de uma perspectiva de estudantes estrangeiros na Rede Municipal.

EMEF Arlindo Caetano

Otávio – Tem como personagem o pequeno Otávio Miguel Azevedo Veiga, menino cadeirante e são-paulino que deseja ser jogador de futebol e é fã do Neymar.

EMEF Julio Marcondes Salgado

O essencial da vida – Retrata um pouco da vida das estudantes Alessandra Oliveira, menina que não tem as duas mãos e nem parte das pernas (usa próteses) e Natália Hypólito, cadeirante, com sua turma de amigos.

EMEF Leonor Mendes de Barros

Diálogos – Filme mostra a entrevista realizada com alunos da unidade que falam sobre seus sonhos e brincadeiras preferidas.

EMEF Vila Munck

Um dia com Willian – Mostra a interação da equipe com Willian, aluno com deficiência intelectual, em um dia na escola. As cenas mostram sua chegada, os estudos, brincadeiras e a interação com professores e colegas.

EMEF Marili Dias

A construção da identidade – Retrata a fictícia história de Eduardo, aluno que, sofre perseguição, ameaças e agressões que o obrigam a mudar de escola por três vezes.

EMEF Laerte Ramos

Entrevista com Professor Renan – Os alunos da EMEF produziram uma entrevista com o professor de Matemática Renan, que tem paralisia cerebral.

EMEBS Madre Lucie Bray

Melie – Retrata a superação de jovens no trabalho com a temática do audiovisual.

Sobre o Imprensa Jovem – A história de sucesso do Projeto Imprensa Jovem tem suas raízes no projeto piloto Educom.Rádio, desenvolvido entre 2001 e 2004 pela SME em parceria com o Núcleo de Comunicação (NCE) da ECA/USP. A iniciativa deu tão certo que virou política pública reconhecida pela Lei 13.941/2004 e regulamentada pela Portaria 5.792/2009, garantindo sua permanência e ampliação.

Confira a galeria de imagens do evento.

Veja os vídeos produzidos pelos alunos:

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

banner da Virada Esportiva 2021 - Movimente a vida

CEUs terão programação gratuita na Virada Esportiva

Publicado em: 01/12/2021 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

bebês sentados em uma mesa de refeição

CEI Jardim Santa Tereza resgata história de funcionários e promove almoços culturais temáticos

Publicado em: 30/11/2021 12h25 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de professor escrevendo em lousa escolar

Prefeitura de SP abre cadastro para professores de Educação Infantil, Fundamental e Médio

Publicado em: 29/11/2021 5h38 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem mostra um celular sendo segurado por uma pessoa e outra mostrando um cubo ao fundo. Abaixo, um fundo verde e bege com o texto

SME realiza 2ª Semana de Tecnologias com palestras e oficinas

Publicado em: 29/11/2021 4h44 - em SME/NTC/NEER

Banner Dezembro Migrante

Dezembro Migrante contará com lives formativas para educadores

Publicado em: 29/11/2021 2h43 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211