Notícias

Alunos da EMEF Dr. José Kauffmann visitam a Oca

Exposição apresenta “Modos de Ver o Brasil”

Publicado em: 08/08/2017 15h30 | Atualizado em: 30/11/2020

IJ_KAUFFMANN_740_x_430.jpg

Matéria produzida pela equipe Imprensa Jovem Voz Do Kauffmann

Alunos do 5º ao 9º ano do Ensino Fundamental do período da manhã e da tarde que participam dos projetos Imprensa Jovem, Academia Estudantil de Letras e Recuperação Paralela de Língua Portuguesa da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dr. José Kauffmann, da Diretoria Regional de Educação Pirituba/Jaraguá (DRE-PJ) , tiveram o privilégio de apreciar a Exposição “Modos de ver o Brasil: #ItaúCultural30Anos”. O local do evento foi a Oca, um dos símbolos arquitetônicos de São Paulo, que faz parte do conjunto de instalações do Parque Ibirapuera, projetado pelo arquiteto Oscar Niemeyer.

Esse passeio gerou grande expectativa nos alunos, pois para muitos foi a primeira vez que entraram em um museu. Foram 43 estudantes e quatro professores do Kauffmann, Zalen Ávila, Marivalda Fontanete, Celina Julie Pissó e Rildo Nedson. Eles receberam o apoio da monitoria do Educativo do Itaú Cultural para melhor apreciação de toda a exposição. Todos conseguiram contemplar as maravilhas deste grande parque da capital paulista.

A visita proporcionou momentos únicos e de relevante importância ao possibilitar novas vivências culturais aos alunos. Nessa excursão, as crianças puderam exercitar o olhar e o sentir, na busca de autoconhecimento e ressignificação de posturas.

A mostra é uma seleção do Acervo de Obras de Arte do Itaú Unibanco. No piso térreo foram apreciadas fotos e obras sobre a cidade de São Paulo, desde a sua fundação até obras produzidas neste ano. Encontram-se obras de Militão, Joaquim Pedro, Mario de Andrade, Alfredo Volpi, Almeida Junior, Benedito Calixto. Claudia Andujar, entre outros. Já no subsolo estão experiências da arte brasileira, como a litografia sobre papel moeda Zero Cruzeiro e criações de Antônio Dias e Beatriz Milhazes, passando por Portinari e por artistas contemporâneos como Iran Espírito Santo, Paulo Bruscky, Hélio Oiticica e Lygia Clark.

No primeiro andar há criações de Abraham Palatnik, Amélia Toledo, Maria Bonom, Ana Maria aiolino, Antonio Manuel, José Resende, Paulo Pasta, Maria Martins e Louise Bourgeois. No segundo piso e último, são encontradas obras que contam a formação social do Brasil: o Barroco e Neo Barroco, com foco na escravidão e na invasão das terras indígenas. São obras de Aleijadinho e Mestre Valentim, Adriana Varejão, Albert Eckhout e Alberto da Veiga Guignard, Alcides Pereira dos Santos, Ayrson Heráclito e Jaime Lauriano.

A exposição ficará aberta para visitação até 13 de agosto, com entrada gratuita.

Fotos: Bred Mello, Rildo Nedson, Zalen Ávila e Celina Pissó.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem de um notebook sobre uma mesa com a mão de uma pessoa que veste camiseta preta. Ao seu lado aparece a mão de outra pessoa.

Seminários do ciclo de escuta ativa das DREs São Mateus e Santo Amaro ocorrem nesta segunda-feira

Publicado em: 17/09/2021 6h27 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner 8ª edição do Premio Educação em Direitos Humanos 2021
Banner do Educador em Destaque
Imagem com mosaico de sete fotografias de pessoas em uma reunião on-line.

SME tem semana de reuniões bilaterais com as entidades sindicais

Publicado em: 16/09/2021 8h49 - em Secretaria Municipal de Educação

825x470
1 2 3 1.189