Notícias

Ação ”Zika Zero” agita alunos de escolas municipais

Eventos mobilizaram alunos dos CEUs Heliópolis e Aricanduva e envolveram as comunidades na luta contra o Aedes aegypti

Publicado em: 23/02/2016 12h33 | Atualizado em: 30/11/2020

No dia da Mobilização Nacional da Educação pelo combate ao mosquito Aedes aegypti “Zika Zero”, os Centros Educacionais Unificados (CEU) Heliópolis e Aricanduva foram palcos de ações educativas propostas pelo Ministério da Educação.

Na parte da manhã, alunos e comunidade escolar do CEU Heliópolis, na zona sul da capital, participaram de uma roda de conversa com Alessandro Aparecido Giangola, Coordenador de Dengue da Coordenação de Vigilância em Saúde (COVISA), da Secretaria Municipal de Saúde (SMS). Em seguida, ouviram as palavras do Ministro da Defesa Civil, Aldo Rebelo, e do Secretário Municipal de Educação, Gabriel Chalita, e seguiram em caminhada pelas ruas do bairro, entregando folhetos e expondo cartazes informativos sobre o combate ao mosquito.

Na parte da tarde, as ações ocorreram na zona leste, no CEU Aricanduva. Com a presença do Ministro da Secretaria de Comunicação Social da Presidência, Edinho Silva, do Secretário Municipal de Educação, Gabriel Chalita, e do Secretário Municipal de Saúde, Alexandre Padilha, alunos e comunidade escolar assistiram a uma peça teatral sobre o combate ao mosquito Aedes aegypti apresentada pelos funcionários da Equipe da Supervisão de Vigilância em Saúde.

Os alunos ainda promoveram distribuição e plantio de 3.000 mudas de citronela nos bairros do entorno, como o Jardim Santa Terezinha. A planta funciona como um espécie de repelente ao vetor da dengue, zika e chikungunya.

Durante os eventos, o Exército Brasileiro e a Secretaria Municipal de Saúde montaram tendas com ações educativas e exibições de vídeos informativos.

Ação Zika Zero – Escolas Sem Zika – Na ação proposta pelo Ministério de Educação, escolas de todo o país fazem um dia de mobilização da educação pelo combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da febre Chikungunya e do vírus Zika. As ações envolvem professores, diretores, reitores de universidades e de institutos federais, agentes de saúde e da vigilância sanitária, Forças Armadas, governadores e prefeitos. A campanha de conscientização e orientação para o combate aos criadouros do mosquito vai continuar durante todo o ano nas redes educacionais do país.

Ação continuada – Em uma parceria entre o Governo Federal e as secretarias municipais da Saúde e Educação, cerca de 1 milhão de alunos da rede municipal estão participando e participarão de atividades de formação e conscientização na capital paulista.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fachada de uma Escola Tecnica Estadual - Etec

Aluno da EMEF Coelho Neto conquista primeiro lugar em curso da ETEC São Mateus

Publicado em: 27/01/2023 11h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Foto de crianças da Emebs Lucie Bray fazendo pintura em plástico transparente. Uma professora os auxilia
fotografia de auditório com aReunião De Planejamento

SME promove Organização Pedagógica de 2023

Publicado em: 24/01/2023 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de fundo azul, com silhuetas de prédios e os dizeres: Aniversário de São Paulo

CEUs comemoram aniversário de SP nesta quarta com programação especial

Publicado em: 24/01/2023 2h53 - em Secretaria Municipal de Educação

fotos dos itens que compõe o uniforme das escolas da prefeitura de São Paulo
1 2 3 4 1.311