Notícias

12 Unidades Escolares são homenageadas na 14ª edição do Prêmio Paulo Freire

Comissão julgadora da Câmara Municipal de São Paulo analisou 133 projetos

Publicado em: 25/09/2019 16h15 | Atualizado em: 30/11/2020

premiopaulofreire2019_740x430.jpg

Na noite de sexta-feira (20), o salão nobre da Câmara Municipal de São Paulo foi palco para a entrega do 14° Prêmio Paulo Freire de Qualidade do Ensino Municipal. Neste ano, 133 projetos estavam concorrendo à premiação.

A iniciativa tem como objetivo dar destaque aos trabalhos voltados ao aprimoramento da qualidade do ensino na escola pública municipal de São Paulo nas categorias: Educação Infantil, Ensino Fundamental I, Ensino Fundamental II/Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos. Os primeiros lugares de cada categoria ganharam uma Salva de Prata e os segundos e terceiro lugares receberam Placas de Homenagem, totalizando 12 trabalhos premiados.

Instituída em 1998, a premiação é uma homenagem à vida e ao trabalho do educador, pedagogo e filósofo pernambucano Paulo Freire (1921–1997), considerado um dos maiores especialistas em educação. Sua principal obra, Pedagogia do Oprimido, publicada em 1968, foi o terceiro livro mais citado na área de humanas no mundo, segundo levantamento do Google Scholar. A Lei nº 16.948/18, declara o educador Paulo Freire, Patrono da Educação Paulistana.

Confira os projetos e unidades escolares vencedores em 2019:

Categoria I – Educação Infantil


1º Lugar: Projeto Vila Cidadã Sustentável – CEI Vila Marilena

2º Lugar: Projeto Da sua História para a Minha: Conhecendo o Outro para Conhecer a Mim Mesmo(a) – EMEI Nelson Mandela

3º Lugar: Projeto De Lá Para Cá: As Maravilhas da Bolívia e Um Pedaço Delas no Brasil – EMEI Dr. Mário Alves De Carvalho

Categoria II – Ensino Fundamental


1º Lugar: Projeto Ocupa Capão – EMEF Donato Susumu Kimura

2º Lugar: Projeto Grafismo E Culturas Indígenas: Arte, Manifestação Cultural E Tradição – CEU EMEF Butantã

3º Lugar: Projeto Trabalhar a Autoestima: Estudantes Público-Alvo da Educação Especial Transformam-se em Personagens de Histórias em Quadrinhos – EMEF Dr. Habib Carlos Kyrillos

Categoria III – Ensino Fundamental II e Ensino Médio

1º Lugar: Projeto Coletivo Feminista Estudantil: Diálogos para Igualdade de Gênero na Escola – EMEF Sebastião Francisco, O Negro

2º Lugar: Projeto Sementes de Sonhos – Vivências na Agroecologia da Cidade – CEU EMEF Paulo Gonçalo dos Santos

3º Lugar: Projeto Slam Altino: Ninguém Cala o Nosso Grito! – EMEF Altino Arantes

Categoria IV – Educação de Jovens e Adultos


1º Lugar: Projeto Saúde e Qualidade de Vida dos Alunos Surdos: Possibilidade Construída Pelas Mãos de Todos – CIEJA Professora Rosa Kazue Inakake de Souza

2º Lugar: Projeto VII Encontro Indígena – Indígenas Em Contexto Urbano – CIEJA Campo Limpo

3º Lugar: Projeto Expedições CIEJA Vila Prudente/Sapopemba: Em Busca de Afro-Referências na Cidade de São Paulo – CIEJA Vila Prudente/Sapopemba

Confira o álbum de fotos do evento.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

banner de divulgação do Premio Paulo Freire - Qualidade no Ensino Municipal 2022

São divulgados os 12 projetos vencedores do Prêmio Paulo Freire 2022

Publicado em: 19/08/2022 12h07 - em Secretaria Municipal de Educação

Cei Amigo Do Peito (1)

SME reconhece unidades educacionais que incentivam aleitamento materno 

Publicado em: 18/08/2022 12h48 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma sala de aula com mesas e cadeiras. Duas mulheres em pé, uma escreve no cartaz sobre a mesa e a outra lê um cartaz diferente que também está sobre a mesa. No quadrante inferior direito, um cartaz escrito 'Quais possíveis causas favorecem a ocorrência do caso?'.

SME e Instituto Vladimir Herzog desenvolvem projeto sobre acolhimento e saúde emocional na DRE Guaianases 

Publicado em: 18/08/2022 12h07 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Whatsapp Image 2022 08 17 At 10.08.12

Cursos de idiomas nos CELPs começaram nesta terça-feira

Publicado em: 17/08/2022 4h17 - em Secretaria Municipal de Educação

Reajuste (6)
1 2 3 1.264