Notícias

1º Encontro do Grupo Permanente de Pesquisa, Formação e Intervenção Social

Articulação do coletivo e mobilização com relação à Educação em Direitos Humanos

Publicado em: 30/03/2017 16h29 | Atualizado em: 30/11/2020

1o_Encontro_Grupo_Permanente_Pesquisa_Formacao_Intervencao_Social_740_x_430.jpg

Na manhã da segunda, 27 de março, aconteceu no auditório da Secretaria Municipal de Educação o 1° Encontro do Grupo Permanente de Pesquisa, Formação e Intervenção Social. O evento foi promovido pela Divisão de Gestão Participativa da Coordenadoria dos Centros Educacionais Unificados e de Educação Integral da Secretaria Municipal de Educação (DGP/COCEU/SME) em parceria com o Instituto Vladimir Herzog (IVH).

As finalidades do encontro foram iniciar a relação de trabalho com o grupo de mediação de conflitos e reconhecer-se mutuamente; apresentar o IVH, sua equipe e a equipe na SME responsável pelo projeto; e apresentar o projeto e o material de apoio.

A abertura do encontro foi feita por Denise Helena Amad Meira, coordenadora da COCEU. Em seguida, Lucilene Aparecida Esperante Limp, diretora da Divisão de Gestão Participativa, apresentou a equipe envolvida com o projeto na SME: Tatiana Cristina Pereira, Thais Romoli Tavares, Marcia Helena Matsushita e Maria Silvia Cavasin Matano.

Após as apresentações iniciais, a condução do encontro foi passada para as integrantes da equipe Vlado Educação, do IVH: Neide Nogueira, Célia Nascimento, Ana Lucia Catão, Maria da Paz Castro e Debora Oller.

Por meio de uma dinâmica, os participantes se apresentaram respondendo a questões sobre Educação em Direitos Humanos, tais como situações no trabalho em que houve colaboração, solidariedade, respeito às diferenças, respeito mútuo, de diálogo, ou também de desrespeito, humilhação, entre outras.

Posteriormente, os participantes foram divididos em grupos para explorarem o material de apoio do Projeto e depois compartilharem com os demais suas ideias e palavras-chave.

Foi apresentada também o planejamento de implementação do projeto e do esquema de formação, que terá 20 encontros quinzenais presenciais, entre representantes do Vlado Educação, SME e Grupo de Mediação de Conflitos, os quais promoverão encontros em outros espaços formativos. Será feita também uma formação dos mobilizadores nas Diretorias Regionais e dos representantes das Comissões de Mediação de Conflito nas Unidades Educacionais.

Por fim, foi mostrado o portal www.respeitarepreciso.org.br, que contém todo o material do Programa e será o local de encontro virtual que promoverá interação dos participantes do projeto com os conteúdos e as ações da formação. O portal pode ser acessado por qualquer pessoa interessada no tema.

Respeitar é preciso! – O IVH iniciou, em 2014, em convênio com a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania (SMDHC), o projeto “Respeitar é Preciso!”. No início, a parceria foi estabelecida para a realização de um curso, elaboração do material e realização de experiência sobre Educação em Direitos Humanos em 21 escolas. Atualmente, em convênio com a SME, o objetivo é a expansão para 100% das escolas da Rede Municipal de Ensino.

Clique aqui e veja a galeria de fotos.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de uma mão fazendo o sinal de libras seguida da palavra LIBRAS

SME abre credenciamento para instrutores, intérpretes e guias-intérpretes de Libras/Língua Portuguesa

Publicado em: 30/11/2022 12h22 - em Secretaria Municipal de Educação

SAEL 50 Anos

SME celebra os 50 anos das Salas de Leitura nas escolas municipais

Publicado em: 29/11/2022 6h44 - em Secretaria Municipal de Educação

Estudantes surdos fazem filmagens utilizando câmera filmadora - Cinema

Alunos surdos da EMEF Candida Dora Pino Pretini produzem curta-metragem

Publicado em: 29/11/2022 4h41 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner do Festival De Mancala

SME promove festival de jogo de origem africana que reúne mais de mil estudantes e educadores

Publicado em: 29/11/2022 3h00 - em Secretaria Municipal de Educação

Mulheres na sala de aula de Confeitaria. Elas estão de frente para mesa coletiva e manuseiam uma massa em forminhas. Também usam máscara de proteção individual, avental e touca.

Inscrições abertas para as turmas de 2023 dos cursos gratuitos profissionalizantes dos CMCTs

Publicado em: 28/11/2022 11h50 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.299