Notícias

Volta às aulas e início do Programa São Paulo Integral na DRE FO

Quatro unidades da região iniciam atividades de Educação Integral em tempo integral

Publicado em: 15/02/2016 14h30 | Atualizado em: 30/11/2020

Na quinta-feira, 11 de fevereiro, iniciaram-se as aulas nas Unidades Educacionais da Rede Municipal de São Paulo. Dentre as escolas, 110 aderiram ao Programa São Paulo Integral, que será implementado neste ano, sendo quatro na região atendida pela Diretoria Regional de Educação (DRE) Freguesia/Brasilândia.

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Nilo Peçanha, uma das que aderiram ao Programa, fez uma recepção especial aos alunos no primeiro dia de aula, em especial aos do primeiro ano, que fazem parte do Programa, com a presença de professores e de pais dos alunos. “Esse primeiro momento foi o de reconhecimento da escola e das pessoas que trabalham nela e de mostrar a organização da escola para que eles se conscientizem do trabalho que está sendo feito”, afirmou a Coordenadora Pedagógica, Roberta Queiroga, que compõe a equipe gestora junto com a Coordenadora Pedagógica Karina Figueiredo, a Assistente Alexandra Bordon e a Diretora Maria Cristina Desidório.

A coordenadora ressaltou a importância do Programa, que veio para consolidar a proposta já existente na escola, que já possuía cursos extras através do Programa Mais Educação. “O Programa São Paulo Integral certificou o que a gente realmente já queria. Há um tempo, tentamos fazer um horário mais estendido, no primeiro e segundo ano, mas eu entendo que fazer horário estendido é uma coisa, falar sobre a educação integral é outra, até porque quando falamos de educação integral, não falamos apenas do tempo a mais na escola, mas como esse ensino pode ser mais significativo, agindo não apenas no aspecto cognitivo, mas, também, no aspecto afetivo da criança”, finalizou.

Além da EMEF Nilo Peçanha, a região conta com as EMEFs André Rodrigues de Alckmin, Maria Aparecida Rodrigues Cintra e Caira Alayde Alvarenga Medea, que também se adaptaram ao Programa e atendem um total de 450 alunos, sendo 430 do Ciclo de Alfabetização e 20 do Ciclo Autoral.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.213