Notícias

SME terá série de lives sobre práticas antirracistas durante o mês de novembro

Conteúdos farão parte do "Novembro Negro 2021" e terão a participação de pesquisadores e educadores

Publicado em: 29/10/2021 13h12 | Atualizado em: 29/10/2021
Imagem com mandalas nas cores amarela e laranja no quadrante esquerdo e o texto "Novembro Negro - 2021 - Ocupação do território, infância, raça, gênero e suas interseccionalidades" sobre fundo bege.

O Núcleo de Educação para as Relações Étnico-Raciais (NEER) da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo (SME) realiza, nos dias 4, 10, 18 e 23/11, uma série de lives com temas como Infância, Raça e Gênero; Ocupação da população negra na cidade de São Paulo; Literatura Negro-brasileira e Feminismos Negros e suas intersecções.

A iniciativa faz parte do “Novembro Negro 2021”, que tem como objetivo trazer reflexões críticas e divulgar as práticas antirracistas que acontecem diariamente nas unidades. Os conteúdos terão a participação de pesquisadores e educadores da SME e de outras instituições.

“As ações realizadas pelo núcleo como um todo impactam a vida dos bebês, crianças, estudantes, jovens e adultos quando sensibilizados as educadoras e educadores à necessidade de práticas antirracistas diariamente. Pensar em um currículo antirracista de Fevereiro a dezembro é premissa da educação em São Paulo. A formação continuada durante o ano todo possibilita reflexões e novas ações nos territórios”, disse a coordenadora da iniciativa no NEER, Jussara Nascimento dos Santos.

Veja a programação completa das lives.

Núcleo também prepara material orientador com práticas pedagógicas antirracistas
Em 2022, o NEER deve lançar, ainda, um documento com orientações sobre as práticas pedagógicas antirracistas realizadas pelos professores em sala de aula. O objetivo é fortalecer e multiplicar as práticas pedagógicas antirracistas e as ações que já são realizadas nas unidades da rede.

A iniciativa faz parte do processo da continuidade da implementação da Lei 10.639, que estabelece o ensino da história e cultura afro-brasileira dentro dos conteúdos do currículo do Ensino Fundamental e Médio. Atualmente, a SME já tem o assunto dentro do Currículo da Cidade, mas o documento orientador pretende trazer novos pontos como os conceitos de branquitude e o racismo estrutural. Ele terá dois volumes, sendo o primeiro com conceitos e reflexões para nortear a educação antirracista e o segundo com sugestões de práticas pedagógicas.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Sme Na Bienal
Professor Escrevendo Na Lousa
Jornada Pedagógica
Fotografia de professor escrevendo em lousa escolar

Sisu do 2º semestre do ano está com as inscrições abertas

Publicado em: 28/06/2022 3h28 - em Secretaria Municipal de Educação

Parlamento Jovem

SME lança Programa de Gestão Documental em parceria com Secretaria de Gestão

Publicado em: 24/06/2022 4h58 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 1.250