Notícias

SME participa do Escolar Office 2023 com roda de conversa e estante sobre material escolar

As ações têm como objetivo esclarecer dúvidas e mostrar a importância do modelo seguido por mais de 500 lojas em São Paulo

Publicado em: 09/08/2023 13h08 | Atualizado em: 09/08/2023

Seis pessoas estão sentadas em cadeiras brancas que estão posicionadas em meia lua. Ao fundo, no telão, está escrito "Escolar Experience".
A Secretaria Municipal de Educação, por meio da Coordenadoria de Contratos de Serviços e Fornecimento – COSERV, está participando do Escolar Office Brasil 2023, uma feira dedicada a papelarias, materiais escolares e materiais de escritório. Um estande dedicado ao material e uniforme está disponível entre os dias 6 e 9 de agosto.

Na última terça- feira (8) foi realizada uma roda de conversa com representantes de associações do ramo das papelarias e uma representante da coordenadoria da SME responsável pelo modelo adotado pela SME para disponibilizar à população os uniformes e material escolar. 

A coordenadora da COSERV, Vanessa Conde, explicou para o público como a aquisição funciona e tirou dúvidas de lojistas de outras cidades que se interessaram pelo modelo paulistano. “Os produtos são adquiridos por meio do aplicativo DUEPAY, onde é depositado um crédito, com um valor determinado pelo ano do estudante, para a aquisição dos materiais escolares e do uniforme em uma das lojas credenciadas espalhadas por São Paulo”, apontou Vanessa.

A possibilidade de a criança poder escolher o próprio material foi um ponto abordado durante o diálogo. No modelo adotado pela maior parte das cidades brasileiras, o material é entregue diretamente na escola ou na residência do estudante, um método que aumenta a possibilidade de atraso pelos serviços de entrega e não apresenta variedade nos produtos. 

O estande tem como principais objetivos o esclarecimento de questões relacionadas ao modelo de aquisição de material escolar e uniforme adotado pela SME. Os responsáveis pelos estudantes podem esclarecer as dúvidas e os lojistas interessados podem dialogar com os membros da SME para seguir as etapas necessárias para o credenciamento.

O comerciante que deseja fazer parte das mais de 500 lojas cadastradas na capital deve seguir uma série de regras:

  • Ser pessoa jurídica com objeto social compatível ao fornecimento;
  • Possuir toda a documentação válida conforme as condições do Edital;
  • Conhecer e concordar com as regras previstas no Edital de Credenciamento;
  • Responsabilizar-se por todas as informações fornecidas;
  • Possuir stand de vendas ou loja física na cidade de São Paulo;
  • Emitir Nota Fiscal Eletrônica ou Cupom Fiscal Eletrônico no CPF do responsável pelo aluno;
  • Comprometer-se em fornecer os itens com a qualidade exigida nas especificações técnicas;
  • Estar ciente das hipóteses de descredenciamento;
  • Estar ciente das penalidades previstas.

O auxílio do material escolar é disponibilizado para mais de 1 milhão de estudantes da rede municipal, com o valor sofrendo mudanças de acordo com cada ciclo de ensino. Confira abaixo em detalhes:

Educação Infantil – Berçário I e II: R$ 41,26
Educação Infantil – Mini-Grupo I e II: R$ 95,53
Educação Infantil – Infantil I e II: R$ 143,94
Ensino Fundamental – Ciclo de Alfabetização: R$ 166,67
Ensino Fundamental – Ciclo Interdisciplinar: R$ 201,28
Ensino Fundamental – Ciclo Autoral: R$ 160,63
Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos: R$ 142,70
Centros de Estudos de Línguas Paulistanos (CELPs): R$ 114,34

O uniforme engloba os alunos da educação infantil, fundamental I e II, com uma valor total de R$ 573,53 . Os kits são compostos por 5 camisetas; 1 bermuda; 1 conjunto de jaqueta e calça; 1 blusão de moletom; 5 pares de meias; 1 tênis. 

Para mais informações, acesse o Portal da Uniforme aqui.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 1.438