Notícias

SME oferece curso ‘Negras Imagens’ a partir do acervo do Instituto Moreira Salles

Formação irá trabalhar imagens de fotógrafos como Walter Firmo com visitação presencial à exposição de suas obras no Instituto Moreira Salles; inscrições a partir desta sexta-feira (29)

Publicado em: 28/04/2022 8h00 | Atualizado em: 02/05/2022
Composição com quatro fotografias de Walter Firmo.

Fotografias de Walter Firmo/Acervo do Instituto Moreira Salles.

A partir do acervo do Instituto Moreira Salles (IMS), a Academia Estudantil de Letras (AEL) realizará o curso intitulado “Negras Imagens”. Serão trabalhadas imagens de autoria de fotógrafos como Walter Firmo (tema de exposição no instituto), Peter Scheier, Geraldo de Barros, Vincenzo Pastore, entre outros. São 200 vagas disponíveis e as inscrições podem ser realizadas nesta sexta-feira (29), a partir das 12h30, via formulário eletrônico.

O curso “Negras Imagens” pretende repertoriar os docentes com reflexões a partir desse acervo, apresentado em forma digital nos encontros síncronos, convidando o educador a olhar para trás, buscando narrativas pouco ou não contadas, que possam ajudar a melhor compreender o passado e a realidade atual. O conteúdo será desenvolvido a partir dos encontros que o IMS promove, chamados de “Negras Imagens: Formação a partir do acervo IMS”.

O público-alvo são professores de Educação Infantil, Ensino Fundamental I e Ensino Fundamental II e Médio. Os encontros síncronos do curso serão nos dias 10, 17, 24 e 31 de maio e 7 de junho, das 18h30 às 20h30.

“Trabalhar imagens, em especial fotografias, tem um potencial reflexivo e criativo, como será apresentado no curso. Além disso, os cursistas receberão um convite para a visitação presencial à exposição com obras de Walter Firmo, na sede do Instituto Moreira Salles, na Avenida Paulista”, explica Samir Mustapha, coordenador da AEL. 

A intenção é ampliar as possibilidades de reflexão acerca da realidade afro-brasileira através dos tempos, apontando possibilidades de construção de novos modos de ver e interpretar o que herdamos como patrimônio. 

 Clique aqui para fazer sua inscrição.

 Leia aqui publicação no Diário Oficial e as especificações do curso.  

 Quem é Walter Firmo?

Nascido em 1937 no Rio de Janeiro, Walter Firmo conta que desde garoto sonhava em fotografar. Ingressou no fotojornalismo em 1955, como aprendiz, no jornal Última Hora, e não parou mais. Trabalhou em diversos jornais e revistas e construiu uma carreira longeva, reconhecida por prêmios. Um deles foi o Esso de Reportagem, em 1963, conquistado por “Cem dias na Amazônia de ninguém”, matéria publicada no Jornal do Brasil com fotos e textos seus. Chamado de “mestre da cor”, Firmo é autor de retratos memoráveis de ícones da música brasileira como Pixinguinha, Dona Ivone Lara, Cartola. Outra vertente bastante conhecida de seu trabalho são as imagens de festas populares registradas por todo o Brasil, do carnaval do Rio de Janeiro ao bumba meu boi no Maranhão. Desde 2018 o Instituto Moreira Salles abriga, em regime de comodato, aproximadamente 145 mil fotos feitas por Firmo ao longo de várias décadas.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem com o fundo em mosaico colorido em tons de lilás, azul e verde, onde se lê
Uma professora senta em uma roda sorrindo com um grupo de bebês em uma sala de aula.

Resultados de provas objetivas para cargos de ATE e PEI são divulgados

Publicado em: 01/03/2024 4h56 - em Secretaria Municipal de Educação

foto de estudantes sentados em uma escada, vendo explicações sobre o combate à denque. Um adulto está fantasiado de mosquito

Saúde realiza Dia D contra a dengue nas escolas municipais nesta sexta (1º)

Publicado em: 01/03/2024 9h49 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra a visão aérea do CEMEI Professor Dalmo De Abreu Dallari.
Estante de livros.

SME divulga nome dos autores selecionados para Antologia de Contos e Antologia Poética 

Publicado em: 28/02/2024 1h32 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.428