Notícias

Semana de Arte Moderna da AEL reúne poesia, teatro e música

Protagonismo de alunos e professores foi o grande destaque

Publicado em: 08/08/2017 15h24 | Atualizado em: 30/11/2020

semana_arte_moderna_740_x_430.jpg

A Semana de Arte Moderna da Academia Estudantil de Letras (AEL), realizada entre os dias 17 e 22 de outubro, consta no calendário anual do Projeto e faz alusão à “Semana de 22”, que naquela época trabalhou, a cada dia, um aspecto cultural: pintura, escultura, poesia, literatura e música.

Como no Movimento Modernista, durante seis dias, nos palcos de 12 Centros Educacionais Unificados – CEUs (Aricanduva, Alto Alegre, Uirapuru, Jaçanã, Paraisópolis, Parque Bristol, Tiquatira, Alvarenga, Água Azul, Perus, Vila Curuçá, Jambeiro), na Fábrica de Cultura Brasilândia e na Academia Paulista de Letras, foram realizados saraus, adaptações teatrais de obras consagradas, muita poesia e música, apresentados por crianças e jovens participantes das Academias.

Segundo a Professora Suelizinha, idealizadora do Projeto, o sucesso da Semana de Arte Moderna da AEL foi devido, em grande parte, ao protagonismo dos alunos acadêmicos e de seus professores, das treze Diretorias Regionais de Educação (DREs).

Cerimônia de Abertura – O grande homenageado da Semana foi o poeta mato-grossense Manoel de Barros, pelo centenário que completaria em dezembro.

A cerimônia de abertura, realizada no dia 17, na Academia Paulista de Letras, foi dedicada ao poeta e teve a participação de alunos acadêmicos de sete AELs (Rodrigo Ciríaco, Cora Coralina, Rubem Alves, Conceição Evaristo, Carolina Maria de Jesus, Ana Maria Machado e Manoel de Barros), pertencentes às DREs Penha, Butantã, São Miguel, Pirituba e Guaianases.

Além dos alunos, três convidados exaltaram a importância do escritor na Literatura Contemporânea: Valter Pini, músico e compositor, Radi Oliveira dos Santos, Coordenadora de Cultura do CEU Alvarenga, e Adriana Lafer, fotógrafa e publicitária que conheceu o poeta e realizou, com ele, o projeto do livro “Arquitetura do Silêncio”, lançado em 2015.

Clique aqui e veja a galeria de fotos da abertura.

Semana de atividades – Os números do evento foram significativos para comprovar o protagonismo dos alunos e o envolvimento dos educadores que ajudaram a concretizar o sonho da idealizadora do Projeto AEL, a Professora Suelizinha: o de existir Academias Estudantis de Letras espalhadas por toda a cidade de São Paulo. Durante os dias que se seguiram, entre terça a sexta, mais de 80 apresentações simultâneas foram realizadas em 12 CEUs. Cerca de 4500 alunos puderam assistir e conhecer o trabalho desenvolvido por outras AELs já fundadas e em processo de fundação. Até o final deste ano, mais 24 Academias serão fundadas. (Veja agenda) link portal.sme.prefeitura.sp.gov.br/agenda2016

Veja as galerias de fotos:

CEU Tiquatira

CEU Perus

CEU Jambeiro

Cerimônia de Encerramento – A Semana foi encerrada no sábado, 22 de outubro, no auditório da Academia Paulista de Letras, com a Cerimônia de Posse da Academia de Letras dos Professores da Cidade de São Paulo (ALP), marcando também, o fechamento do Curso Viver Literatura, onde cerca de 170 professores assumiram as cadeiras de seus escritores, escolhidos durante o curso.

Para dar início ao evento, o Coral de Professores da EMEF Benedito Calixto, da DRE Itaquera, apresentou duas músicas. Logo após, a Secretária Adjunta de Educação, Fátima Antonio, falou sobre a importância da expansão do Projeto AEL na Rede Municipal de Ensino e a oportunidade de leitura que alunos e professores da AEL vivenciam.

Os escritores convidados Maria Lúcia Lopes, Josué Gonçalves de Araújo, Maria Vilani, Mirian Warttusch e Wellington Vinícius estiveram presentes. As escritoras Maria Lúcia Lopes, cadeira nº 39, e Maria Vilani, cadeira nº 66, foram escolhidas pelas professoras Deolinda Costa Nunes e Marcia Aparecida do Carmo, respectivamente. O escritor Nelson Albissú, cadeira nº 43, representado por Cláudia Barbosa S. Mirandola foi escolhido pela professora Maria Aparecida da Silva Barreto.

Ao longo do evento, todos os professores, concluintes do Curso Viver Literatura, receberam certificado, medalha e assinaram o Livro de Posse da ALP. Os escritores presentes também foram homenageados com a medalha de membro vitalício da ALP.

Clique aqui e veja a galeria de fotos do encerramento.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

imagem com o texto Esse Lugar Que Tanto Amo

Embaixada da França promove ações voltadas para profissionais da educação

Publicado em: 06/12/2022 4h24 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra 5 estudantes sentados. Na frente deles há um tecido no chão, com cestas com frutas de brinquedo e livros em cima

Escola da Rede Municipal de SP monta barraca literária em feira livre

Publicado em: 06/12/2022 3h57 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de uma estudante negra, ela está concentrada escrevendo no livro sobre sua mesa.

Está aberto período de inscrição para estudantes do Ensino Fundamental e Médio

Publicado em: 05/12/2022 12h43 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de estudantes correndo em aralimpíada

Estudantes da Rede Municipal são destaque nas Paralímpiadas Escolares 2022

Publicado em: 05/12/2022 12h06 - em Secretaria Municipal de Educação

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

EMEF cria escape room sobre mitologia grega para estimular o raciocínio lógico dos estudantes

Publicado em: 02/12/2022 1h47 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.301