Notícias

Segunda Mostra de Trabalhos Coletivos de Autoria da DRE São Mateus

O objetivo é dar visibilidade para as experiências pedagógicas e a realização dos projetos dos alunos

Publicado em: 10/12/2015 14h46 | Atualizado em: 30/11/2020
tca_dre_sm_740_x_430.jpg

A Diretoria de Orientação Técnico-Pedagógica (DOT-P) da Diretoria Regional de Educação (DRE) de São Mateus realizou nos dias 16, 18, 23, 25, 30 de novembro a segunda mostra de Trabalho Colaborativo de Autoria (TCA) dos alunos das unidades escolares da região de São Mateus. O objetivo é de proporcionar o protagonismo do aluno, fortalecer o Projeto Político Pedagógico (PPP) das escolas, além de dar visibilidades às experiências pedagógicas.

Diversos temas foram abordados durante a Mostra de TCAs, como meio-ambiente, problemas no bairro, saúde, transporte público, água, redes sociais, e questões como abandono de animais e crianças.

As apresentações ocorreram de diversas formas, a Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Plinio de Queiroz, por exemplo, optou por uma apresentação mais didática para falar do acesso à cultura na região de São Mateus. Foi por esse motivo que a professora Maria das Graças Galvão do Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA) Sapopemba convidou os alunos da EMEF para se apresentarem no CIEJA. “É bom mostrar a existência disso para os pais, muitas das vezes eles não se apropriam dos centros culturais do bairro ou não tem o hábito e acabam não levando os filhos”, declarou Maria das Graças. A aluna da EMEF Plinio de Queiroz, Dayane Costa da Silva contou que divulgaram o Centro Educacional Unificado (CEU) de São Mateus e a Fábrica de Cultura de Sapopemba. “É importante o TCA, pois mostra que a periferia tem voz e que muita coisa boa pode sair daqui”, afirmou a aluna.

Segundo a professora da EMEF Coelho Neto, Gabriela Lourenço de Lima, a Mostra de TCA é importante, pois o intercâmbio garante novas experiências e diversas formas de estudos, além dos alunos compreenderem que eles podem fazer uma intervenção social. “Isso mostra que eles não estão sozinhos na rede”, acrescentou Gabriela.

Muitas escolas optaram por realizar apresentações musicais ou teatrais. Algumas delas voltadas para a discussão sobre o racismo, drogas e violência contra as mulheres. Outras questões abordadas foram respeito e gênero no mundo do trabalho, além de tratar o tema moda e seus subtemas como consumismo, obesidade e anorexia.

Para a aluna da EMEF Profª Cândida Dora Pino Petrini, Raquel Furquim da Silva, a apresentação que mais gostou foi a da EMEF Cidade de Osaka, que discutiu várias formas de preconceitos como bullyng, racismo e homofobia. “Foi interessante e inspirador”, declarou Raquel.

Acompanhe a apresentação da EMEF Cidade de Osaka a seguir:

As exibições aconteceram nos CEUs São Mateus, São Rafael, Alto Alegre, Sapopemba e Rosa da China. No final das apresentações todas as escolas receberam certificados de participação da Segunda Mostra de TCA.

Veja aqui uma Galeria de Imagens da Mostra.

Notícias Mais Recentes

1 2 3 4 1.449