Notícias

Rede Municipal de SP ganha Academia Estudantil de Letras Carolina Maria de Jesus

EMEF Olival Costa funda nova AEL e marca retomada das ações presenciais; cidade já possui cerca de 170 Academias

Publicado em: 30/06/2022 14h16 | Atualizado em: 30/06/2022
Fotografia mostra 17 estudantes e uma professora ao centro. Eles estão em duas filas, uma atrás da outra. Todos, menos a professora, vestem camiseta preta da AEL, uma capa prata e uma medalha com a corrente azul. A professora veste apenas a camiseta preta da AEL e uma saia preta.

A Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Olival Costa, da Diretoria Regional de Ensino (DRE) São Mateus, fundou no último sábado (25), a Academia Estudantil de Letras (AEL) Carolina Maria de Jesus.

O projeto teve início na escola em 2019, porém, com a pandemia, a posse só pôde ocorrer neste ano. No total, a academia inicia-se com 27 cadeiras, representando autores como Daniel Munduruku, Raquel de Queiroz, Pedro Bandeira, dentre outros.

A professora Rosangela Aparecida Paschoal Brighenti Dayyoub, uma das coordenadoras da nova AEL, conta um pouco desse processo. “Com a pandemia, algumas atividades da AEL foram desenvolvidas no ambiente online. Com essa preparação dos acadêmicos, conseguimos fundar nossa AEL ainda neste primeiro semestre”, disse.

A fundação da AEL Carolina Maria de Jesus representa a retomada da fundação de novas academias. Durante a pandemia, o  projeto manteve suas atividades de forma online e, com o retorno dos eventos presenciais, as novas academias passam a poder agendar as suas fundações. Ainda em 2022, outras academias deverão ser fundadas em diversos locais da cidade.

No total, a cidade possui cerca de 170 Academias de Letras. Nelas cada estudante escolhe um escritor para representar, faz pesquisas e realiza seminários sobre o literário, compartilhando o conhecimento, e desenvolvendo a autonomia. As atividades buscam privilegiar os aspectos lúdicos presentes na leitura e procuram trazer outras formas de expressão para os gêneros literários trabalhados. Os encontros acontecem fora do horário regular das aulas, pois a participação do projeto é optativa. 

Conheça a página da Academia Estudantil de Letras. 

Carolina Maria de Jesus

Carolina Maria de Jesus, patronesse dessa AEL, foi uma escritora, compositora e poetisa brasileira, mais conhecida por seu livro “Quarto de Despejo: Diário de uma Favelada”, publicado em 1960. Ela foi uma das primeiras escritoras negras do Brasil e é considerada uma das mais importantes autoras do país.

A acadêmica Letícia Dias Lial, que ocupa a cadeira número 1 da AEL e representa a escritora, declamou um poema que sintetiza como Carolina teve de vencer diversos revezes para se estabelecer na literatura. “Quando infiltrei na literatura / Sonhava só com a ventura (…) Eu não previa o pranto (…) Não levo nenhuma ilusão / Porque a escritora favelada / Foi rosa despetalada”, leu.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

CACS FUNDEB - Conselho de Acompanhamento e Controle Social do FUNDEB.

SME abre inscrições para compor conselho que vai fiscalizar uso da verba do Fundeb

Publicado em: 28/09/2022 5h06 - em Secretaria Municipal de Educação

Menina olha para tabuleiro de xadrez e movimenta uma peça com sua mão direita.

Cerca de 2 mil estudantes participam da Final Municipal de Xadrez Individual

Publicado em: 27/09/2022 4h50 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia mostra as mãos com um punhado de terra próximas de um broto de árvore que está no centro da imagem. Ao fundo, raios de sol sol e folhas verdes desfocados.

SME abre inscrições para curso sobre sustentabilidade e consumo consciente

Publicado em: 27/09/2022 3h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Crianças e professora de Educação Infantil em sala de aula.
Professora de Educação Infantil sentada no chão da sala com cinco bebês sentados a sua volta brincando.

SME faz nova convocação de aprovados em concurso

Publicado em: 22/09/2022 5h07 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 4 5 1.285