Notícias

Projeto “Viva as Diferenças” na EMEF Plácido de Castro

Desenvolvimento do projeto consistiu em ensinar aos estudantes a respeito da cultura japonesa

Publicado em: 16/11/2017 17h39 | Atualizado em: 30/11/2020

Projeto_Viva_Diferencas_EMEF_Placido_Castro_740_x_430.jpg

Na Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Plácido de Castro, da Diretoria Regional de Educação Capela do Socorro (DRE CS), Fabia Yumi, professora de Ensino Fundamental I, realizou o projeto “Viva as Diferenças” com as turmas do 4º ano da EMEF. A professora abordou os principais pontos da imigração japonesa para o Brasil e as similaridades culturais, além de promover atividades práticas como o origami.

Segundo a professora, o objetivo é ensinar aos estudantes sobre a importância da etnia japonesa no Brasil. “Inserir a cultura japonesa oportuniza os estudantes a conhecerem os costumes que influenciaram a história do nosso país, desde que chegaram, em 1908”, explica. “A cultura japonesa é milenar, rica e cheia de vida, tradições e transformações”. O projeto foi iniciado em fevereiro deste ano.

As práticas realizadas com os estudantes foram identificar onde se localiza o Japão e o Brasil no Mapa Mundi; verificar, no globo terrestre, a distância entre os dois países e porque há diferença de fuso horário; identificar a língua que se fala no Japão e a sua capital, assim como no Brasil também; conhecer um pouco sobre os primeiros imigrantes e como foram parar no bairro da Liberdade; conhecer e identificar as contribuições dos japoneses nos costumes brasileiros; conhecer algumas artes como o origami, o kirigami, o shodô, o hanakomon, as danças folclóricas, músicas e algumas lendas, além de fazer e experimentar um prato típico da culinária japonesa.

O projeto ainda está em andamento e propõe aulas expositivas, práticas de como vestir um quimono e também sobre as atitudes dos estudantes no Japão. Semanalmente, uma equipe de limpeza, formada entre as crianças, organiza a sala no final da aula, tendo como referência as atitudes dos educandos japoneses.

O projeto acontece em todas as sextas-feiras e deve ser concluído no final de novembro.

Confira o álbum do projeto clicando aqui

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Imagem dividida em 3 retângulos, cada um com imagens que fazem alusão à símbolos indígenas
Foto de um adulto, com camiseta do Fab Lab, escrevendo em uma lousa branca, crianças acompanhando , tanto em pé, ao lado da lousa, como sentados.

Fab Lab Livre SP está com a agenda aberta a oficinas para estudantes e professores da Rede Municipal

Publicado em: 22/02/2024 11h30 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de uma Menina Pintando Com Tinta
Fotografia de jovens em frente ao computador.

CEU São Mateus vai receber campeonatos de Free Fire e EA Sports FC 24

Publicado em: 21/02/2024 10h39 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.426