Notícias

Projeto Rádio mobiliza estudantes da EMEF Afrânio de Mello Franco

Estudantes abordam história e características de gêneros musicais

Publicado em: 10/12/2018 17h19 | Atualizado em: 30/11/2020

afranio_principal_740x430.jpg

Idealizado pelos próprios estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dr. Afrânio de Mello Franco, o Projeto Rádio nasceu da vontade de falar de música na escola. A ideia inicial foi posta em prática com pequenas apresentações de dança no intervalo das aulas e nas aulas de Educação Física, mas, aos poucos, o grupo percebeu a importância de compreender a origem das músicas e ritmos que estavam vivenciando.

O professor de inglês e professor orientador de informática educativa (POIE) Marcelo Penna propôs, então, a formação de uma rádio coletiva e orientou a ação como Trabalho Colaborativo Autoral (TCA) dos estudantes do 9º ano da EMEF. “A rádio nasceu para que eles falassem mais da origem dos ritmos musicais na história e como eles estavam ligados a movimentos políticos importantes para o desenvolvimento das culturas”, observa Marcelo.

Os trabalhos começaram no início do ano letivo e foram separados em quatro fases: projeto, de março a maio, intervenção, de junho a setembro, documentação dos resultados durante o mês de outubro e apresentação para a comunidade escolar, incluindo familiares e amigos.

A primeira etapa foi auxiliada pela professora Luciana, de história, que trabalhou com os estudantes o surgimento dos ritmos e outros pontos históricos específicos para criação do roteiro. As professoras orientadoras de sala de leitura (POSLs) Kamila e Zenaide e a professora Thaís, de artes, propuseram ações de intervenção com letras de música e cartazes, usando artes gráficas. Por fim, as POIEs Bianca e Cinthia promoveram ações usando as tecnologias para aprendizagem dentro do laboratório, especialmente com softwares de educomunicação.

A rádio recebeu o nome de “DIBJS”, pois leva as iniciais dos nomes e apelidos dos estudantes que deram voz à iniciativa, Ingrid Camargo, Andressa Nogueira, Jéssica Camile, Sayuri Tanaka e Jefferson Cavalcante.

As transmissões dos programas aconteceram durante os intervalos das aulas., Os episódios contaram a história e características do rap, forró, sertanejo, reggae e o funk. Para Ingrid, todo o esforço valeu a pena. “No fim, vimos a mudança que o trabalho promoveu na gente e no nosso modo de ver a escola, foi muito legal”, conta a estudante.

Confira os episódios:

Rap
Funk
Reggae
Sertanejo
Forró

Veja a galeria de fotos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Logomarca da Olimpiadas Site

Olimpíadas Estudantis e InterCEUs estão com inscrições abertas

Publicado em: 16/08/2022 3h07 - em CEU e COCEU

Grupo de crianças andando com suas motocas no centro de São Paulo. As crianças usam coletes verdes. A frente do grupo a professora conversa com elas e movimenta as mãos como se fosse bater palmas. Ao redor do grupo há trabalhadores e pedestres que caminham pelo local.

Estudantes da Rede Municipal de 4 e 5 anos exploram o centro de São Paulo com suas motocas

Publicado em: 16/08/2022 1h37 - em Secretaria Municipal de Educação

Professora de Educação Infantil sentada no chão. Ela está contando uma história para as crianças pequenas que estão sentadas ao seu redor, as crianças olham para sua mão gesticulando no ar acima da sua cabeça.

SME convoca mais 353 profissionais da educação

Publicado em: 16/08/2022 12h40 - em Secretaria Municipal de Educação

Ensino Médio Foto

Ensino Médio na Rede Municipal de São Paulo está com inscrições abertas

Publicado em: 12/08/2022 5h47 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de professora com crianças de educação Infantil
1 2 3 1.262