Notícias

Projeto Rádio mobiliza estudantes da EMEF Afrânio de Mello Franco

Estudantes abordam história e características de gêneros musicais

Publicado em: 10/12/2018 17h19 | Atualizado em: 30/11/2020

afranio_principal_740x430.jpg

Idealizado pelos próprios estudantes da Escola Municipal de Ensino Fundamental (EMEF) Dr. Afrânio de Mello Franco, o Projeto Rádio nasceu da vontade de falar de música na escola. A ideia inicial foi posta em prática com pequenas apresentações de dança no intervalo das aulas e nas aulas de Educação Física, mas, aos poucos, o grupo percebeu a importância de compreender a origem das músicas e ritmos que estavam vivenciando.

O professor de inglês e professor orientador de informática educativa (POIE) Marcelo Penna propôs, então, a formação de uma rádio coletiva e orientou a ação como Trabalho Colaborativo Autoral (TCA) dos estudantes do 9º ano da EMEF. “A rádio nasceu para que eles falassem mais da origem dos ritmos musicais na história e como eles estavam ligados a movimentos políticos importantes para o desenvolvimento das culturas”, observa Marcelo.

Os trabalhos começaram no início do ano letivo e foram separados em quatro fases: projeto, de março a maio, intervenção, de junho a setembro, documentação dos resultados durante o mês de outubro e apresentação para a comunidade escolar, incluindo familiares e amigos.

A primeira etapa foi auxiliada pela professora Luciana, de história, que trabalhou com os estudantes o surgimento dos ritmos e outros pontos históricos específicos para criação do roteiro. As professoras orientadoras de sala de leitura (POSLs) Kamila e Zenaide e a professora Thaís, de artes, propuseram ações de intervenção com letras de música e cartazes, usando artes gráficas. Por fim, as POIEs Bianca e Cinthia promoveram ações usando as tecnologias para aprendizagem dentro do laboratório, especialmente com softwares de educomunicação.

A rádio recebeu o nome de “DIBJS”, pois leva as iniciais dos nomes e apelidos dos estudantes que deram voz à iniciativa, Ingrid Camargo, Andressa Nogueira, Jéssica Camile, Sayuri Tanaka e Jefferson Cavalcante.

As transmissões dos programas aconteceram durante os intervalos das aulas., Os episódios contaram a história e características do rap, forró, sertanejo, reggae e o funk. Para Ingrid, todo o esforço valeu a pena. “No fim, vimos a mudança que o trabalho promoveu na gente e no nosso modo de ver a escola, foi muito legal”, conta a estudante.

Confira os episódios:

Rap
Funk
Reggae
Sertanejo
Forró

Veja a galeria de fotos

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem de uma mão sobre o computador.

SME abre processo seletivo interno para coordenador de Polo UniCEU

Publicado em: 14/01/2022 5h27 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de professora atendendo um garoto em sua mesa. Todos usam máscara facial.

SME publica classificação definitiva dos candidatos para eventual contratação

Publicado em: 14/01/2022 10h30 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia de dois notebooks sobre uma mesa
Imagem com diversas antenas.

Prefeitura sanciona Lei das Antenas

Publicado em: 13/01/2022 12h07 - em Secretaria Municipal de Educação

fotografia mostra uma mão infantil sendo auxiliada pela mão de um adulto

Bolsas de estágio têm aumento de 30% e SME possui 4 mil vagas para contratação

Publicado em: 12/01/2022 2h50 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.211