Notícias

Projeto Portas Abertas – SME convoca professores interessados em docência de Língua Portugues para migrantes 

Atualmente, três Unidades Educacionais estão com vagas abertas para regência; os interessados devem participar de evento virtual nos dias 13 ou 14/12 para tirar dúvidas.  

Publicado em: 30/11/2023 17h34 | Atualizado em: 30/11/2023
Ilustração com diversas pessoas de diferentes etnias e o texto Portas Abertas - Português para migrantes

 

O Núcleo de Educação para as Relações Étnico-Raciais realiza um chamamento de professores(as) para o Projeto Portas Abertas: Português para Imigrantes. O projeto é uma iniciativa conjunta entre a Secretaria Municipal de Educação e a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, com o objetivo de oferecer curso de português gratuito para população migrante nas escolas da Rede de Municipal de Ensino (RME). Os interessados em atuar como docentes podem participar de evento virtual nos dias 13 ou 14/12 para tirar dúvidas.  

Atualmente, três escolas apresentam demanda de professores(as) para o projeto, são elas: a EMEFM Vereador Antonio Sampaio, da DRE Jaçanã-Tremembé, localizada na R. Voluntários da Pátria, 733 – Santana; a EMEF Espaço Bitita, da DRE Penha, localizada na R. Comendador Nestor Pereira, 285 – Canindé e a EMEF João de Deus, da DRE Capela do Socorro, localizada na R. Manoel Vitorino Pereira, 220 – Jordanópolis. 

Para ser professor(a) do projeto é necessário ser efetivo(a) na Rede Municipal e já ter realizado a formação inicial para o projeto. Os(as) professores(as) podem atuar no projeto no contraturno, sendo remunerados(as) a título de Jornada Especial de Horas-Trabalho Excedente – TEX, nos termos da Lei Municipal nº 14.660/07, respeitados os limites estabelecidos na legislação vigente. Podem também receber TEX referente ao tempo destinado à preparação dos encontros do projeto, observado o limite de até 10% (dez por cento) da carga horária total dos encontros do projeto.  

A preferência para lecionar no projeto é por profissionais ocupantes de Professor(a) de Ensino Fundamental II e Médio – Português, mas na falta destes, outros(as) professores(as) também podem atuar no projeto. 

Para se candidatar para as aulas ou tirar dúvidas sobre a atuação no projeto, é possível acessar o encontro proposto em dois horários: 13/12 às 19h e 14/12 às 9h. Interessados(as) devem escrever para o Núcleo de Educação para as Relações Étnico-Raciais solicitando acesso ao encontro, que será online, no horário que tiver disponibilidade: smecopedneer@sme.prefeitura.sp.gov.br 

Para mais detalhes sobre o funcionamento do projeto, verificar sua portaria de funcionamento.

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Fotografia de grupo de jovens em participação de uma reunião

SME incentiva que estudantes, familiares e profissionais façam parte das instâncias de participação

Publicado em: 27/02/2024 12h36 - em Secretaria Municipal de Educação

Fotografia de cinco estudantes com a camiseta laranja do Imprensa Jovem. Três estudantes estão sentados em bancos altos em frente a uma estante de livros e a menina que está no meio segura um microfone e um celular. Todos olham para o celular. Em primeiro plano, de costas para o ângulo da fotografia, um menino manuseia o tripé em que está a câmera e o celular, atrás de sua camiseta laranja está escrito em preto Imprensa Jovem. Em frente a ele, e também de costas para o ângulo da foto, há mais uma estudante.
Design Sem Nome (1)

DRE Guaianases promove reunião de organização

Publicado em: 22/02/2024 4h37 - em Diretoria Regional de Educação Guaianases

Imagem dividida em 3 retângulos, cada um com imagens que fazem alusão à símbolos indígenas
Foto de um adulto, com camiseta do Fab Lab, escrevendo em uma lousa branca, crianças acompanhando , tanto em pé, ao lado da lousa, como sentados.

Rede Fab Lab Livre SP abre agenda de oficinas para estudantes e professores da Rede Municipal

Publicado em: 22/02/2024 11h30 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.427