Notícias

Projeto “Falando com as Mãos” na EMEI Gabriel Prestes

Crianças aprendem Libras e ampliam a interação com pessoas surdas

Publicado em: 12/09/2018 15h34 | Atualizado em: 30/11/2020

projeto_falando_com_as_maos_EMEI_gabriel_p_740_x_430.jpg

No dia 25 de agosto, a Festa da Cultura promovida pela Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Gabriel Prestes, da Diretoria Regional de Educação (DRE) Ipiranga, contou com a realização de uma oficina de Língua Brasileira de Sinais (Libras) apresentada pela professora Vanessa Santos e pelas crianças da turma 6D.

Nela, foram demonstradas palavras do repertório diário das famílias, como comidas, nomes próprios e sentimentos. Também foram apresentadas esculturas feitas pelas crianças, com auxílio da professora, baseadas nas mãos delas e que representavam a letra inicial do nome de cada uma.

A atividade é resultado de um trabalho desenvolvido pela professora Vanessa desde o início de 2017 com as crianças da turma 5D do Infantil I, continuada nesse ano com a turma 6D, do Infantil II. A professora, que já possuía conhecimento anterior sobre Libras, começou a ensinar a língua para as crianças e, com o passar do tempo, o interesse delas aumentou tanto que Vanessa convidou algumas pessoas surdas para ensinarem mais sobre Libras e aumentar a interação com as crianças por meio do uso da Língua Brasileira de Sinais. .

“Entendo que uma inclusão efetiva se dá a partir do momento em que conhecemos, entendemos e estudamos as deficiências, não havendo a necessidade de esperar que haja demanda na escola de crianças com deficiência para que o trabalho de inclusão seja iniciado”, relata a professora Vanessa de Oliveira Santos.

Junto com a professora, as crianças têm ampliado diariamente o repertório de sinais, principalmente com a chegada de uma criança surda na turma no mês de junho deste ano.

“A criança, de origem angolana, não havia tido contato com a Libras. As crianças da nossa turma, ao ficarem sabendo da chegada de um colega surdo, ficaram extremamente empolgadas e solicitaram que ele viesse para nossa turma, pois assim ensinaríamos a ele os sinais de Libras. A turma se envolveu de tal maneira que a Libras se tornou um assunto diário, fazendo com que as crianças pesquisassem diariamente algum sinal que fizesse sentido em suas vidas e em suas rotinas, para, assim, poderem ensinar aos demais colegas e para seus familiares”, comenta a professora.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem mostra, em primeiro plano, uma criança se alimentando. Ela está com uma colher na boca e um prato em sua frente. Ao fundo, outras crianças também comendo e funcionarias da escola auxiliando
Programação de dezembro- imigrante e cultura inclusiva

Migração e acessibilidade são eixos centrais da programação dos CEUs em dezembro

Publicado em: 06/12/2021 6h29 - em Secretaria Municipal de Educação

Mão infantil segurando massinha de modelar
mão feminina preenchendo gabarito de prova de concurso

SME convoca candidatos aprovados em lista específica de Negro, Negra ou Afrodescendentes

Publicado em: 04/12/2021 1h30 - em Secretaria Municipal de Educação

Imagem de uma professora sentada do chão. Ela segura um caderno com uma figura e mostra para a criança que está em pé em sua frente.

SME amplia em 1.068 o número de cargos para a Educação Infantil Municipal

Publicado em: 03/12/2021 5h08 - em Secretaria Municipal de Educação

1 2 3 1.212