Notícias

Projeto estimula conscientização sobre diversidade de maneira lúdica

Iniciativa realizada no CEI Vila Curuçá Velha trabalha o tema com bonecos de diversos tons de pele

Publicado em: 06/11/2018 10h29 | Atualizado em: 30/11/2020

conscientizacao_diversidade_740_x_430.jpg

O Projeto “Vem Brincar Comigo”, iniciativa do Centro de Educação Infantil (CEI) Vila Curuçá Velha, da Diretoria Regional de Educação (DRE) São Miguel, desenvolvida desde o primeiro semestre deste ano, estimula a integração entre professores, pais e crianças e trabalha questões referentes ao estudo da cultura africana e da importância do respeito à diversidade.

A primeira parte da atividade consistiu na elaboração, no mês de abril, de bonecas e bonecos em diferentes tons de tecidos e na reunião com os pais, após o recesso, para explicar sobre o funcionamento do projeto e seus objetivos.

Após a explanação da iniciativa, a cada sexta-feira duas crianças passaram a levar os bonecos para casa. Os responsáveis ficam incumbidos de realizar registros, seja por foto, desenho ou por escrito, dos momentos vividos, para que as crianças entreguem o material produzido juntamente com os bonecos.

“O objetivo do projeto é construir ações positivas e afirmativas, em nossos bebês e crianças, oferecer um repertório de brincadeiras africanas e afro-brasileiras (como “Mbube Mbube”, originário de Gana, e “Terra e Mar”, de Moçambique), além de estimular o respeito, a empatia e a equidade étnico-racial e promover a valorização das diferenças e do convívio em harmonia”, observa Gidalva Santana, diretora do CEI Vila Curuçá Velha.

De acordo com a diretora, o projeto, que ainda está em andamento, colabora com a desconstrução de paradigmas, falas e atitudes preconceituosas e racistas. “Já tivemos diversos registros realizados pelas famílias que demostram envolvimento e comprometimento com a iniciativa, além de relatos onde pudemos comprovar que realmente as ações transcenderam os muros escolares, provocando ricas reflexões e contribuindo na formação cidadã de toda comunidade educativa”, ressalta Gidalva. “Esse trabalho busca fomentar o diálogo em busca da desconstrução de paradigmas, falas e atitudes preconceituosas e racistas. Por meio dos filhos, muitos pais tiveram acesso pela primeira vez a um boneco ou boneca negro ou negra”, finaliza a diretora.

conscientizacao_diversidade_2_740_x_430.jpg

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Imagem de um notebook sobre uma mesa com a mão de uma pessoa que veste camiseta preta. Ao seu lado aparece a mão de outra pessoa.

Seminários do ciclo de escuta ativa das DREs São Mateus e Santo Amaro ocorrem nesta segunda-feira

Publicado em: 17/09/2021 6h27 - em Secretaria Municipal de Educação

Banner 8ª edição do Premio Educação em Direitos Humanos 2021
Banner do Educador em Destaque
Imagem com mosaico de sete fotografias de pessoas em uma reunião on-line.

SME tem semana de reuniões bilaterais com as entidades sindicais

Publicado em: 16/09/2021 8h49 - em Secretaria Municipal de Educação

825x470
1 2 3 1.189