Notícias

Projeto Educação Inclusiva é destaque no CEU Navegantes

Com o tema “Autismo: Para conviver é preciso conhecer”, primeira ação reuniu mães e educadores

Publicado em: 25/04/2018 18h16 | Atualizado em: 30/11/2020

educ_inclus_drecapela_740x430.jpg

Na última segunda-feira, 24 de abril, o Centro Educacional Unificado (CEU) Navegantes, junto com o Centro de Atenção Psicossocial Infantojuvenil (CAPS-IJ) Piração Capela do Socorro e a Unidade Básica de Saúde (UBS) Cantinho do Céu, realizou a 1° roda de conversa do projeto Educação Inclusiva. A iniciativa é aberta para as escolas da região e foi o primeiro encontro de uma série que busca abrir debate para temas como transtornos mentais e uso abusivo de drogas na juventude.

O autismo, ou Transtorno do Espectro Autista (TEA), atinge quase dois milhões de pessoas e pode afetar o desenvolvimento da linguagem e os processos de interação, comunicação e sociabilização do indivíduo. O tema foi debatido nesse encontro.  “A motivação do projeto é acreditar que a educação inclusiva empurra o sujeito para o desenvolvimento. Todos crescem, tanto o aluno com deficiência quanto o aluno sem deficiência, ambos formarão no futuro uma sociedade menos preconceituosa, acreditando no potencial humano e respeitando a singularidade de cada um”, observa Yamara Soares de Melo, gestora do CEU Navegantes.

Durante a roda de conversa, as mães trocaram experiências de vida e de superação de situações como o bullying. Os profissionais da educação frisaram a importância de estimular o aluno e de construir a autonomia da criança nas atividades acadêmicas, sempre pensando em melhorar a qualidade de vida dentro e fora da sala de aula.

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

1 2 3 1.212