Notícias

Projeto da EMEI Gabriel Prestes de explorar cidade com as crianças ganha prêmio internacional

‘Meu Pátio é o Mundo’ reconhece projetos inovadores voltados à Primeira Infância em seis países diferentes

Publicado em: 13/12/2021 13h58 | Atualizado em: 14/12/2021
Crianças da Educação Infantil sentadas em uma calçada da capital paulistana acompanhadas da professora e de familiares. As crianças seguram pranchetas sobre o seu colo e lápis, elas estão observando a cidade.
As crianças em uma “saída” para explorar a cidade, em 2019, na esquina da Rua Consolação com a Rua Maria Antônia. Elas estão fazendo seus registros sobre o passeio de pesquisa ao entorno da escola, acompanhadas das professoras e das famílias, que participam voluntariamente do projeto.

O Projeto “Exploradores da Cidade”, promovido pela Escola Municipal de Educação Infantil (EMEI) Gabriel Prestes, na Rua da Consolação, ganhou o primeiro lugar do Prêmio “Meu pátio é o mundo”, que reconhece projetos inovadores de Educação para o Desenvolvimento Sustentável na Primeira Infância. A premiação é destinada a projetos do Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai. São selecionados 10 finalistas de cada país, sendo um classificado como vencedor e outro que recebe menção honrosa.

A Professora de Educação Infantil e Ensino Fundamental I, Edna C. Monteiro, comentou que ficou muito emocionada com a conquista do primeiro lugar. “Pensei na alegria das crianças e famílias que caminham comigo pela cidade ao saberem que a nossa experiência é valorosa e que vai ser contada para muitos outros educadores, outras famílias e incentivá-los e fortalecê-los no caminhar pelas estradas do conhecimento. Todos ganharam, mas principalmente a educação pública e as crianças que dela fazem parte, pois merecem essa visibilidade”, comentou.

Crianças da Educação Infantil com lencinhos amarelos no pescoço visitando uma exposição com a escultura metálica de Dom Quixote.
Visita da turma ao Conjunto Nacional, na Avenida Paulista, onde observavam a escultura de “Dom Quixote de la Mancha, Sancho Pança e Cavalo Rocinante” feita com material reciclável.

Edna coordena o projeto que é desenvolvido na escola desde 2014. “Mais do que saídas para o espaço público, o ‘Exploradores da Cidade’ é uma experiência de parceria e engajamento com os participantes do processo escolar e demais atores da cidade”.

A ação leva as crianças a explorar a cidade e aprender além dos muros da escola. A escola assume seu papel de articuladora entre os saberes formais e os saberes necessários à formação cidadã. Assim, é possível expandir os locais de aprendizagem e incentivar o protagonismo das crianças, além de estimular a participação das famílias, da comunidade, dos educadores da Unidade Educacional.  

Crianças da Educação Infantil em um espaço aberto sentadas no chão em frente a OCA, no Parque do Ibirapuera.
Mais uma “saída” do “Exploradores da Cidade”, em 2019. A turma estava no Jardim das Esculturas, Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM), no Parque Ibirapuera.

Por meio dessas ações, o processo acontece a muitas mãos e resgata a cidade como espaço das infâncias, sensibiliza a cidade para recebê-las em seus equipamentos públicos ou privados e a transforma num campo de experiência e trocas sociais.

Para o diretor da EMEI, João Kleber De Santana Souza, o “Exploradores da Cidade” é mais uma ação que reconhece o direito das crianças à Cidade e busca fortalecer o conceito de território educador. “A professora Edna articula parceiros não usuais, como pizzaria, livrarias, exposições na rua, entre outros. Ampliando não só as possibilidades de aprendizagem das crianças, mas também às famílias e quem mais vive no território e nem imaginava que poderia contribuir com o aprendizado”, acrescenta.

E o que dizem as crianças?

Edna conta que além do brilho nos olhos durante as rodas de conversa, momento em que as crianças compartilham seus aprendizados, sentimentos e novidades, ela observa o orgulho em terem sua participação no processo garantida e relembra de algumas falas:

Ficou faltando um explorador da cidade – Enzo Gabriel Hernandez

“Prô Edna, ontem eu não vim porque minha mãe perdeu a hora. Fiquei bravo com ela porque ficou faltando um explorador da cidade para catar tampinhas”, comentando sobre um projeto de reciclagem do qual estavam participando.

Eu vi uma árvore morrendo de sede – Lohanne do Nascimento

“Prô, sabia que ontem eu vi uma árvore morrendo de sede?”

“É mesmo Lohanne, e o que vc fez?”, disse a professora.

“Pedi pra minha mãe colocar água nela, mas ela não tinha.”

“Nossa! E a árvore ficou lá com sede?  

“Não!!! A minha mãe comprou água e eu joguei nela.”

“Exploradores da Cidade” no Prêmio Territórios Educativos, do Instituto Tomie Ohtake, em 2016:

 

Assista ao vídeo abaixo para conhecer um pouco mais sobre o Projeto “Exploradores da Cidade”:

 

Meu Pátio é o Mundo

O prêmio “Meu Pátio é o Mundo” é uma promoção da organização Mundial para a Educação Pré-Escolar (OMEP) em conjunto com Investimento Social Arcor (ISA) voltado a instituições dedicadas à Atenção e Educação na Primeira Infância (AEPI) no Brasil, Argentina, Bolívia, Chile, Paraguai e Uruguai.

Em 2021, o prêmio chegou a sua 4ª edição. Os projetos apresentados deveriam contemplar produção de conhecimento sobre práticas exitosas que envolvessem as crianças como protagonistas em processos educativos para o desenvolvimento sustentável.

Cada projeto vencedor recebeu como prêmio um pedido de compra de material didático relacionado ao projeto desenvolvido no valor aproximado de $1.500,00 equivalente em cada moeda nacional. No Brasil, a quantidade é correspondente a R$ 8 mil. Além do valor, os vencedores terão um artigo publicado em veículos de reconhecimento internacional, que compõem uma publicação de projetos já celebrados pela Arcor – Argentina.

 

Notícias Mais Recentes

Relacionadas

Expo Internacional da consciência negra

Prefeitura realiza segunda edição da Expo Internacional da Consciência Negra de 18 a 20 de novembro

Publicado em: 08/11/2022 5h28 - em Secretaria Municipal de Educação

Processo seletivo
Fotografia de Quadra coberta

Prefeitura de SP entrega mais uma cobertura de quadra poliesportiva em escola da Rede Municipal

Publicado em: 08/11/2022 11h55 - em Secretaria Municipal de Educação

Um grupo de crianças, todas sentadas em tatames no chão, observam uma apresentação de uma mulher com vestes indígenas e folhas no chão.

13° Mostra Cultural da Cooperifa é realizada em escolas municipais da zona sul

Publicado em: 07/11/2022 6h52 - em Secretaria Municipal de Educação

Paulo Magalhaes

Professor da Rede Municipal integra exposição de docentes que fazem a diferença na educação

Publicado em: 07/11/2022 2h58 - em Secretaria Municipal de Educação

1 4 5 6 7 8 1.298